Literatura e comunidade

A formação do leitor extramuros escolares

Autores

  • Renata Toigo Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2020.173099

Palavras-chave:

formação leitora, bibliotecas comunitárias, leitura compartilhada, literatura

Resumo

A formação leitora é exemplificada, no presente artigo, a partir das práticas extramuros escolares, nas bibliotecas comunitárias do Cirandar. A escolha desse modelo visa a divulgar e a incentivar experiências profícuas de letramento literário em territórios de periferias empobrecidas. Estudiosos como Cosson (2011), Colomer (2007), Petit (2009, 2013) entre outros, relacionados à formação e mediação leitora, são usados como referência e nos fazem entender, a importância dos espaços comunitários para a garantia do direito e acesso à leitura e à literatura.

Biografia do Autor

Renata Toigo, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Mestre e doutoranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS. 

Referências

CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: O direito à literatura e outros ensaios. BAPTISTA, Abel Barros (Org.). São Paulo: Angelus Novus, 2004.
CASTRILLÓN, Silvia. O direito de ler e escrever. Tradução Marcos Bagno. São Paulo: Editora Pulo do Gato, 2011.
COLOMER, Teresa. Andar entre livros: a leitura literária na escola. Tradução Laura Sandroni. São Paulo: Global, 2007.
COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2011.
COSSON, Rildo. Círculos de leitura e letramento literário. São Paulo: Contexto, 2017.
FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.
LARROSA, Jorge. Leitura, experiência e formação. In: COSTA, M. V. (Org.) Caminhos investigativos: novos olhares na pesquisa em educação. Porto Alegre: Editora Mediação, 1996.
PATTE, Geneviève. Deixem que leiam. Tradução Leny Werneck. Rio de Janeiro: Rocco, 2012.
PETIT, Michèle. A arte de ler ou como resistir à adversidade. Tradução Arthur Bueno e Camila Boldrini. São Paulo: Editora 34, 2009.
PETIT, Michèle. Leituras: do espaço íntimo ao espaço público. Tradução Celina Olga de Souza. São Paulo: Editora 34, 2013.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

TOIGO, R. Literatura e comunidade: A formação do leitor extramuros escolares. Literartes, [S. l.], v. 1, n. 13, p. 168-181, 2020. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2020.173099. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/173099. Acesso em: 17 out. 2021.