JEAN, L.; RIBEIRO FILHO, P. C. O paradoxo de Charles Perrault: como contos de fadas aristocráticos se tornaram sinônimo de conservação folclórica. Literartes, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 295-308, 2020. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2020.170822. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/170822. Acesso em: 25 out. 2021.