[1]
A. M. Ribeiro, “As estórias nas "Estórias sem luz elétrica"”, Literartes, vol. 1, nº 9, p. 49-65, out. 2018.