[1]
A. S. Silva, “Um jogo chamado música, em que não existem ganhadores ou perdedores”, Literartes, vol. 1, nº 10, p. 217-223, jul. 2019.