LÍRICA, MEMÓRIA E HISTÓRIA: BREVE PERCURSO POR ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA DE CECÍLIA MEIRELES E OS “POEMAS DO HOLOCAUSTO” DE ROSE AUSLÄNDER

Autores

  • Sílvia Nauroski Irrgang Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i23p42-57

Palavras-chave:

Poesia, História, Memória, Violência, Trauma, Formação

Resumo

Este ensaio tem como objetivo estudar a presença da violência e do trauma em Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles, assim como na produção lírica da poeta judia de expressão alemã Rose Ausländer a partir de seu confinamento no gueto de Czernowitz em 1941. Também irá refletir sobre as contribuições da literatura, sobretudo em relação às futuras gerações, como instrumento de rememoração e na aquisição de uma consciência histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sílvia Nauroski Irrgang, Universidade de São Paulo

Graduada e Mestre pela USP; Doutora pela Universidade Livre de Berlim.

Downloads

Publicado

2017-07-18

Como Citar

Irrgang, S. N. (2017). LÍRICA, MEMÓRIA E HISTÓRIA: BREVE PERCURSO POR ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA DE CECÍLIA MEIRELES E OS “POEMAS DO HOLOCAUSTO” DE ROSE AUSLÄNDER. Literatura E Sociedade, 21(23), 42-57. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i23p42-57

Edição

Seção

Ensaios