Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A LITERATURA NAS SOMBRAS AS EDIÇÕES EM PORTUGUÊS E OS TRADUTORES DA ATALÁ DE CHATEAUBRIAND NA CRISE DO ANTIGO REGIME LUSO- BRASÍLICO (1810-1820)

Pablo Iglesias Magalhães

Resumo


Esse artigo discute a circulação de quatro edições em português da novela Atala (1801), impressas em Lisboa, Londres e Salvador (1810-1820), sendo a primeira proibida pelo Santo Ofício em 1812. Por meio de extensa pesquisa, foi possível localizar exemplares únicos e identificar os três anônimos tradutores da referida novela, revelando que aqueles personagens, ligados por amizade e pela maçonaria, atuaram contra o absolutismo e em prol dos projetos constitucionalistas nos dois lados do Atlântico. 


Palavras-chave


Literatura colonial; Traduções portuguesas; Santo Ofício; Censura; Maçonaria; Hipólito da Costa

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i23p104-138

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.