Torquato Neto: “Começa na lua cheia e termina antes do fim”

Autores

  • Viviana Bosi Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i19p32-56

Palavras-chave:

Torquato Neto, música popular brasileira, Tropicália, ditadura, 1960, 1970

Resumo

Pretendemos examinar três momentos da obra poética de Torquato Neto a fim de refletir sobre as dramáticas mudanças de ordem estética, existencial e política, no Brasil, com as quais dialogou o artista. O primeiro, relacionado às letras de canção que compõe em meados da década de 1960, cujos traços principais aproximam o artista do veio “nacional-popular”. O segundo, do final dos anos 60, vinculado à Tropicália. Por fim, no começo da década de 1970, verificamos outra atitude na sua produção escrita e nas letras destinadas a canções, sintomáticas do processo de transformação histórica. Ao que se conclui, ele não conseguiu abandonar suas origens, retornando a elas de uma forma traumática.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviana Bosi, Universidade de São Paulo

Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada

Downloads

Publicado

2015-04-13

Como Citar

Bosi, V. (2015). Torquato Neto: “Começa na lua cheia e termina antes do fim”. Literatura E Sociedade, 19(19), 32-56. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i19p32-56

Edição

Seção

Ensaios