O pacto de silêncio na estória de Maria Mutema

Autores

  • Daniel Cavalcanti Atroch Centro Universitário do Norte (UniNorte)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1769.mag.2019.173743

Palavras-chave:

Literatura brasileira, João Guimarães Rosa, Grande sertão: veredas, Romance

Resumo

O artigo propõe uma leitura da estória de Maria Mutema, espécie de conto incrustado no romance Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, enfocando o desenvolvimento do tema do duplo, discernível nas relações entre os personagens Maria Mutema, o marido assassinado, Padre Ponte e Maria do Padre, cujos destinos são enfeixados por um “pacto de silêncio”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Cavalcanti Atroch, Centro Universitário do Norte (UniNorte)

Daniel Cavalcanti Atroch é professor de nível superior na UNINORTE. Doutor pelo programa de pós-graduação do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada (DTLLC) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). 

Referências

Benjamin, Walter. “O narrador – considerações sobre a obra de Nikolai Leskov”. In: Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura – obras escolhidas, volume 1. Trad. de Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1987. p. 197-221.

Candido, Antonio et al (org.). “O Homem dos Avessos”. In: Guimarães Rosa: coleção fortuna crítica. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira S.A., 1991. p. 294-309.

Freud, Sigmund. “O tema da escolha do cofrinho”. In: Obras completas vol. 10. Observações psicanalíticas sobre um caso de paranoia relatado em autobiografia: (“O caso Schreber”): artigos sobre técnica e outros textos (1911-1913). Trad. e notas de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. p. 301-316.

Galvão, Walnice Nogueira et al (org.). “O certo no incerto: o Pactário”. In: Guimarães Rosa: coleção fortuna crítica. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira S.A., 1991. p. 408-421.

Kundera, Milan. A arte do romance. Trad. de Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Nunes, Benedito. A Rosa o que é de Rosa. Literatura e filosofia em Guimarães Rosa. Org. Victor Sales Pinheiro. Rio de Janeiro: DIFEL, 2013.

Passos, Cleusa Rios Pinheiro. Guimarães Rosa. Do feminino e suas estórias. São Paulo: Hucitec; FAPESP, 2000.

Proença, Manoel Cavalcanti. Trilhas no grande sertão. Rio de Janeiro: Ministério de Educação e Cultura, Serviço de Documentação, 1958.

Richards, Jeffrey. “Homossexuais” & “Leprosos”. In: Sexo, desvio e danação. As minorias na Idade Média. Trad. de Marco Antonio Esteves da Rocha & Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1993. p. 136-166.

Rosa, João Guimarães. Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2001.

Sperber, Suzi Frankl et al (org.). “O pacto: tradição e utopia”. In: O pacto fáustico e outros pactos. Organon – Revista do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, v. 6, n. 19, p. 69-84, 1992.

Todorov, Tzvetan. “Os homens-narrativas”. In: As estruturas narrativas. Trad. de Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Perspectiva, 2008. p. 119-133.

Downloads

Publicado

2019-12-27

Como Citar

Atroch, D. C. (2019). O pacto de silêncio na estória de Maria Mutema. Magma, 26(15), 49-65. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1769.mag.2019.173743

Edição

Seção

Artigos