Véu, nudez e o feminino na dança iraniana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2446-5240.malala.2020.161597

Palavras-chave:

Véu (hijab), História da dança persa, Censura islâmica, Emancipação feminina no Irã

Resumo

O presente artigo apresenta uma síntese histórica sobre a exposição do corpo feminino na dança persa e suas consequências para o desenvolvimento das artes do palco no Irã no século XX. Destaca-se o papel central do cinema e da literatura para o desenvolvimento da dança nacional iraniana, especialmente no que diz respeito à inspiração em obras clássicas, cujo princípio zoroastriano da equidade de gênero estabelece um contraponto à condição da mulher no direito familiar xiita. A importância desse estudo se deve ao fato de que a protagonização da mulher nas artes performáticas e dramatúrgicas iranianas, incluindo o cinema, se inicia pela dança e é em torno desta linguagem artística que se concentra a discussão moral sobre a exposição do corpo e a obrigatoriedade do véu.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandra Yunis, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Leandra Yunis é Licenciada e Bacharel em História pela Universidade de São Paulo, pesquisadora há mais de 18 anos em tradições coreomusicais orientais, especializada em Dança e Consciência Corporal pelas Faculdades Metropolitanas Unidas de São Paulo, mestra e doutora em Letras Orientais pela Universidade de São Paulo e pós-doutoranda em Estudos da Tradução da Universidade Federal do Ceará com bolsa CNPq, tradutora de poesia clássica e contemporânea persa e estudiosa do sufismo e do debate proibitivo às artes performáticas no islã. Link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5525960104590854. ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-1142-1973. Contato: leyunis@gmail.com.

 

Referências

AMBROSIO, Alberto. F. “Écrire le corps dansant au XVIIe siècle: Ismail Rusukhi Anqaravi”

In Revue des mondes musulmans et de la Méditerranée, novembro, 2006. Disponível em:

<http://remmm.revues.org/2978>. Acesso em: 15 dez. 2019.

FARMER, Henry. G. A history of Arabian Music. To the XIII century. London: Luzac, 1929.

FRIEND, Robin. “The Exquisite Art of Persian Classical Dance”. Habibi, v. 15, n. 2, p.

-18, 1996.

FRIEND, Robin. “Status and preservation of Iranian dance: Cultural factors influencing

the Iranian attitude concerning dance”. Paper presented at the First International Conference

on Middle Eastern Dance, Orange Coast College, Costa Mesa, California, 16-18

May 1997. Disponível em: . Acessado

em: 22 maio 2014.

GURER, Dilaver. “Deux traits par des Şeyhul islam ottomans sur la danse” In: ZARCONE,

T.; BUEHLER, A.; IŞIN, E. Journal of History of Sufism, 2004, pp. 47-60.

HENNI-CHEBRA, Djamile; POCHE, Christian. Les danses dans le monde arabe. Paris: L’Harmattan,

, pp.20-30.

McDONALD, Duncan B. “On Music & Singing - Emotional Religion in Islam as affected by

Music and Singing being a translation of the Ihya ‘Ulm ad-Din of al-Ghazzali with Analysis,

Annotation, and Appendices.” Journal of the Royal Asiatic Society, Art. VIII. USA/ Connecticut,

Hartford Seminary, 1901.

MEFTAHI, Ida. Body National in Motion: The Biopolitics of Dance in Twentieth-Century Iran.

Philosophy’s doctorate, Department of Near and Middle Eastern Civilizations, University

of Toronto, 2013.

MELVILLE, Firuza Abdulaeva. “Women in the Romances of the ShahNama” in Love and

devotion: from Persian and beyond. Melbourne-Oxford: Susan Scollay, 2012, pp. 41-45.

MERNISSI, Fatema. O harém e o ocidente. Lisboa: Asa editores, 2014.

MILANI, Farzaneh. Words, Not Swords. Iranian Women Writers and the Freedom of Movement

Gender, Culture, and Politics in the Middle East. NY: Syracuse University Press, 2011.

REKABTALAEI, Golbarg. Cinematic Modernity. Cosmopolitan Imaginaries in Twentieth

Century Iran. Doctor of Philosophy, Department of Near and Middle Eastern Civilizations,

University of Toronto, 2015.

ROBSON, James. Tracts on Listening to Music. London: Luzac/Royal Asiatic Society, 1938.

SHAY, Anthony. Choreophobia: Solo Improvised Dance in the Iranian World. Costa Mesa, CA:

Mazda Publishers, 1999.

ZARCONE, Thierry. “Les danses naqshbandi em Asie centrale et aux Xinjiang: histoire et

actualité” In: ZARCONE, T.; BUEHLER, A.; IŞIN, E (eds). Journal of History of Sufism, Paris:

Librarie D’Amerique et de l’Orient, 2004, pp. 181-198.

YAZICI, Tahsin. “le sama a l’époque de mawlana” In: ZARCONE, Thierry; BUEHLER, Arthur;

IŞIN, Ekrem. Journal of History of Sufism, Paris: Librarie D’Amerique et de l’Orient, 2004,

pp. 6-18.

YUNIS, Leandra Elena. “A dança na poesia de Rumi” In: Samatradução: a dança num exercício

de tradução do gazal de Rumi. Tese de Doutorado em Estudos Judaicos e Árabes,

Departamento de Letras Orientais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

da Universidade de São Paulo, 2017.

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

Yunis, L. (2020). Véu, nudez e o feminino na dança iraniana. Malala, 8(11), 131-142. https://doi.org/10.11606/issn.2446-5240.malala.2020.161597