Livro-objeto-brinquedo (2020), de Mara Perpétua

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2596-2477.i41p101-104

Palavras-chave:

Mara Perpétua, Arte contemporânea, Cidade, Isolamento social, Pandemia

Resumo

Fac-simile comentado dos registros da série Livro-brinquedo-objeto (2020), da artista Mara Perpétua.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lindomberto Ferreira Alves, Universidade Federal do Espirito Santo

Lindomberto Ferreira Alves (Ceilândia, Brasil - 1985). Vive e trabalha em Vitória, Espírito Santo. Mestre em Teoria e História da Arte pelo PPGA-UFES [2020]. Licenciado em Artes Visuais pelo Centro Universitário Araras Dr. Edmundo Ulson - UNAR/SP [2020] e Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela FAUFBA [2013]. É membro do grupo de pesquisa "Curadoria e Arte Contemporânea", coordenado pela Prof.ª Dr.ª Ananda Carvalho (DAV-UFES); e integra a equipe da "Plataforma de Curadoria", plataforma virtual focada nos processos de criação em curadoria. Possui textos publicados em eventos, catálogos e revistas especializados nos campos da história, teoria e crítica de arte. Produziu o projeto de instalações "Arena Comum" [2015-2016], em parceria com o Célula EMAU-UFES (Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo), do DEA-UFES, Vitória/Es e São Mateus/ES, Brasil. É cogestor da plataforma virtual de arte e cultura "PROFAN[AÇÕES]: [com]partilhando diferentes modos de habitar [n]a contemporaneidade" [2013-2020]. Atuou como artista-educador das exposições: "O Grande Veleiro" [2018]; "A Maré da Vida" [2018]; "Sensibilidades Reveladas" [2018]; "Cidades Abstratas" [2019]. Participou das exposições coletivas: "MERGULHO_estratégias para emergir" [2018], "CTRL ZIL | Davisuais 2019" [2019] e “Continuidades: Mostra de Arte Contemporânea no Espaço On-line” [2020]. Foi curador das exposições "Fórum da Imagem: Construção de Imagens Urgentes" [2020], "Do escuro do nosso tempo” [2020], "No tempo da espera " [2020], "GRADUARTES 2019: Limiares labirínticos", "I Mostra Nacional de Audiovisual ES: Há um lugar para a arte?" [2019] e "Sobre a pele da cidade" [2013]. Também integra o duo "FURTACOR" - em parceria com a artista Amanda Amaral - âmbito no qual se investiga e se experimenta os processos educativos em suas dimensões artísticas e estéticas.

Referências

DELEUZE, G. A imanência: uma vida.... In: Educação & Realidade, Porto Alegre, n. 2, v. 27, p. 10-18, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2019.

FOUCAULT, M. O que são as Luzes. In: FOUCAULT, M. Arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento. Coleção Ditos & Escritos, vol. II. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005, p. 335-351.

JACQUES, P. B. Elogio aos errantes. Salvador: EDUFBA, 2012.

DOMINGUES, L. À flor da pele: subjetividade, clínica e cinema no contemporâneo. Porto Alegre: Sulina, 2010.

ROLNIK, S. Arte cura? Lygia Clark no limiar do contemporâneo. In:

BARTUCCI, G. (org.). Psicanálise, arte e estéticas de subjetivação. Rio de Janeiro: Imago, 2002. p. 365-382.

SPINOZA, B. Ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

Alves, L. F. (2020). Livro-objeto-brinquedo (2020), de Mara Perpétua. Manuscrítica: Revista De Crítica Genética, (41), 101-104. https://doi.org/10.11606/issn.2596-2477.i41p101-104