VIEIRA, W. O diário póstumo de Hervé Guibert como espaço de escritura, de decantação da gramática autobiografemática e ato final de um projeto autoficcional. Manuscrítica: Revista de Crítica Genética, [S. l.], n. 42, p. 162-178, 2020. DOI: 10.11606/issn.2596-2477.i42p162-178. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/manuscritica/article/view/178195. Acesso em: 24 fev. 2024.