A Utilização da Arquitetura por Otávio Augusto na Construção do Principado, de 31 a.C. à 27 a.C.

  • Macsuelber de Cássio Barros da Cunha Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Otávio Augusto, Arquitetura, Principado, Propaganda

Resumo

No período que compreende o início do Principado, Roma foi palco de um extraordinário desenvolvimento e sofisticação no que concerne à arquitetura. Essa monumentalidade arquitetônica que se estabeleceu em Roma, teve em Otávio Augusto o seu maior idealizador, que se utilizou da arquitetura a fim de propagar uma imagem positiva de si e de seu governo. Tratamos neste trabalho sobre a forma como Augusto, entre os anos de 31 a.C. à 27 a.C., se utilizou da arquitetura, das construções e reconstruções de edifícios públicos para promover o engrandecimento da Vrbs e perpetuar seu nome e seus feitos na memória das futuras gerações. Dedicamos maior atenção ao ano de 29 a.C., quando Otávio Augusto regressou a Roma e após realizar seu triunfo consagrou alguns edifícios no Fórum Romano, promovendo uma verdadeira mudança topográfica neste es-paço. Concentramos-nos também no ano de 28 a.C., quando Otávio empreende uma ampla res-tauração de mais de 80 templos, além de consagrar um novo templo dedicado a Apolo, no Palatino, demonstrando seu comprometimento com seus concidadãos e com os deuses, ressaltando ainda mais a pietas com que regia seus atos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Macsuelber de Cássio Barros da Cunha, Universidade Federal de Goiás
Doutorando em História pela Universidade Federal de Goiás
Publicado
2018-04-17
Como Citar
Cunha, M. (2018). A Utilização da Arquitetura por Otávio Augusto na Construção do Principado, de 31 a.C. à 27 a.C. Mare Nostrum, 9(1), 47-72. https://doi.org/10.11606/issn.2177-4218.v9i1p47-72
Seção
Artigos