As Cetariae na Província da Hispânia Bética: O Garum enquanto Continuação de uma Prática Econômica e Cultural Fenício-Púnico em Gades e sua Ressignificação em Contexto Romano

  • Rodrigo Araújo de Lima Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Produção fenício-púnica, Garum, Bética, Continuidade, Dieta romana

Resumo

Produzidos nas cetariae da Hispânia Bética o garum e seus derivados foram iguarias alimentares introduzida na dieta latina tanto por suas qualidades gastronômicas e medicinais quanto pelo seu status. Neste artigo descreveremos a continuação da prática das salgações fenícias e púnicas estabelecidas na cidade fenícia de Gádir, mantida na Gades romana e absorvida pela dieta romana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Araújo de Lima, Universidade de São Paulo
Mestrando pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo
Publicado
2018-04-17
Como Citar
Lima, R. (2018). As Cetariae na Província da Hispânia Bética: O Garum enquanto Continuação de uma Prática Econômica e Cultural Fenício-Púnico em Gades e sua Ressignificação em Contexto Romano. Mare Nostrum, 9(1), 115-134. https://doi.org/10.11606/issn.2177-4218.v9i1p115-134
Seção
Artigos