De mediações em mediações: a questão da <i>tecnicidade</i> em Martín-Barbero

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v12i1p155-172

Palavras-chave:

Materialidade, mediações, tecnicidade

Resumo

Neste artigo será analisada a virada epistemológica proposta por Martín-Barbero ao deslocar sua atenção das mediações culturais da comunicação para as mediações comunicativas da cultura. O foco principal da análise estará concentrado na importância que a noção de tecnicidade – ao lado da institucionalidade, da socialidade e da ritualidade – passou a ter em seu pensamento. A sua noção de tecnicidade será tensionada a partir de certas reflexões produzidas pelos estudos das novas mídias e da materialidade da comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liráucio Girardi Júnior, Faculdade Cásper Líbero/ USCS/ Unicamp (substituto)

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é Mestre em Ciência Política pela mesma universidade. Doutorou-se em Sociologia na Universidade de São Paulo e sua tese foi publicada sob o título Pierre Bourdieu: Questões de Sociologia e Comunicação, pela editora Annablume em co-edição com a FAPESP. Foi pesquisador do Centro Interdisciplinar de Pesquisa (CIP) da Faculdade Cásper Líbero e publicou diversos artigos acadêmicos na área de Sociologia, Estudos Culturais, Cultura de Consumo e Cultura de Rede.

Referências

BASTOS, M. T. Do sentido da mediação: às margens do pensamento de Jesús Martín-Barbero. Revista Famecos, Porto Alegre, n. 35, p. 86-89, abr. 2008. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2008.35.4096

______. Medium, media, mediação e midiatização: a perspectiva germânica. In: JANOTTI Jr., J.; MATTOS, M. Â.; JACKS, N. (Orgs). Mediação & Midiatização. Salvador: Edufba; Brasília: Compós, 2012. p. 53-77.

BENJAMIN, W. Sobre alguns temas em Charles Baudelaire. In: ______. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1989. p. 9-101. (Obras Escolhidas, v. 3).

______. A obra de arte na época de sua reprodutibilidade técnica. In: ______. Magia e técnica, arte e política: ensaios de literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994. p. 165-196. (Obras Escolhidas v. 1).

BOURDIEU, P. As regras da arte: gênese e estrutura do campo literário. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

BRAGA, J. L. Circuitos versus campos sociais. In: JANOTTI Jr., J.; MATTOS, M. Â.; JACKS, N. (Orgs). Mediação & Midiatização. Salvador: Edufba; Brasília: Compós, 2012. p. 31-52.

COULDRY, N. Life with the media manifold: between freedom and subjection. In: KAMP, L. et al. (Eds.). Politics, civil society and participation: media and communications in a transforming environment. Bremen: Lumière, 2016. p. 25- 39.

COULDRY, N.; HEPP, A. The mediated construction of reality. Cambridge: Polity Press, 2017.

DALMONTE, E. F. Estudos culturais em comunicação: da tradição britânica à contribuição latino-americana. Idade Mídia, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 67-90, nov. 2002.

FINNEMANN, N. O. Mediatization theory and digital media. Communications, Berlim, v. 36, n. 1, p. 67-89, 2011. DOI: https://doi.org/10.1515/comm.2011.004

GENTIKOW, B. The role of media in developing literacies and cultural techniques. Nordic Journal of Digital Literacy, Haia, v. 4, p. 35-52, 2015.

GIRARDI JR., L. Teoria das mediações e estudos culturais: convergências e perspectivas. Líbero, São Paulo, v. 12, n. 23, p. 117-127, jun. 2009.

______. “Cultural techniques” e a materialidade da comunicação: contribuições para uma “digital literacy”. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS. 26., 2017, São Paulo. Anais... São Paulo: Faculdade Cásper Líbero, 2017a.

______. O estranho mundo da informação – e da materialidade – no campo da comunicação. Revista E-Compós, Brasília, v. 20, n. 1, p. 1-18, jan./abr. 2017b. DOI: http://dx.doi.org/10.30962/ec.v20i1.1296

GOMES, I. M. M. Gênero televisivo como categoria cultural: um lugar no centro do mapa das mediações de Jesús Martín-Barbero. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 111-130, jan./abr. 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2011.1.8801

GUMBRECHT, H. U. Produção da presença: o que o sentido não consegue transmitir. Rio de Janeiro: Contraponto, 2010.

GUNKEL, D. J. Beyond mediation: thinking the computer otherwise. Interactions, Bristol, v. l, n. 1, p. 53-70, 2009. DOI: https://doi.org/10.1386/iscc.1.1.53_1

HEPP, A. As configurações comunicativas de mundos midiatizados: pesquisa da midiatização na era da “mediação de tudo”. MATRIZes, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 45-64, jan./jun. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i1p45-64

HJARVARD, S. Midiatização: teorizando a mídia como agente de mudança social e cultural. MATRIZes, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 53-91, jan./jun. 2012. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v5i2p53-91

______. Da mediação à midiatização: a institucionalização das novas mídias. Parágrafo, São Paulo, v. 2, n. 3 p. 51-62, jul./dez. 2015.

HOGGART, R. As utilizações da cultura. Lisboa: Presença, 1973.

HOLMES, D. Communication theory: media, technology and society. Londres: Sage, 2005.

JACKS, N. Tendências latino-americanas nos estudos de recepção. Famecos, Porto Alegre, n. 5, p. 44-49, nov. 1996. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.1996.5.2946

LIVINGSTONE, S. On the mediation of everything: ICA presidential address 2008. Journal of Communication, Los Angeles, v. 59, n. 1, p. 1-18, 2009. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/j.1460-2466.2008.01401.x

LOPES, M. I. V. Mediação e recepção. Algumas conexões teóricas e metodológicas nos estudos latino-americanos de comunicação. MATRIZes, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 65-80, jan./jun. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i1p65-80

MACHADO, A. A televisão levada a sério. São Paulo: Editora Senac, 2000.

MACKAY, H. (Ed.). Consumption and everyday life. Londres: Sage, 1997.

MANOVICH, L. The language of new media. Cambridge (MA): MIT Press, 2001.

______. Software takes command. Nova Iorque: Bloomsbury Academic, 2013.

MARTÍN-BARBERO, J. América Latina e os anos recentes: o estudo da recepção em comunicação social. In: SOUZA, M. W. de (Org.). Sujeito, o lado oculto do receptor. São Paulo: Brasiliense, 1995. p. 39-68.

______. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro, Editora UFRJ, 1997.

______. Oficio de cartógrafo: travesías latinoamericanas de la comunicación em la cultura. Cidade do México: Fondo de Cultura Económica, 2002.

______. Pistas para entrever meios e mediações. In: ______. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2003. p. 11-21.

______. Tecnicidades, identidades, alteridades: mudanças e opacidades da comunicação no novo século. In: MORAES, D. (Org.). Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006. p. 51-79.

______. Uma aventura epistemológica (entrevista à Maria Immacolata Vassalo de Lopes). MATRIZes, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 143-162, 2009. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v2i2p143-162

MEYROWITZ, J. No sense of place: the impact of electronic media on social behavior. Nova Iorque: Oxford University Press, 1985.

MORLEY, D.; SILVERSTONE, R. Domestic communication – technologies and meanings. Media, Culture and Society, Londres. v. 12, n. 1, p. 31-55, 1990. DOI: https://doi.org/10.1177/016344390012001003

MÜLLER, A.; FELINTO, E. Medialidade: encontros entre os estudos literários e os estudos de mídia. Contracampo, Niterói, v. 19, p. 125-136, 2008. DOI: https://doi.org/10.22409/contracampo.v0i19.405

NOVAES, A. da S. João do Rio e seus cinematógrafos. Rio de Janeiro: Mauad, 2015.

OROZCO GÓMEZ, G. O telespectador frente à televisão. Uma exploração do processo de recepção televisiva. Communicare, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 27-42, 2005.

______. Comunicação social e mudança tecnológica: um cenário de múltiplos desordenamentos. In: MORAES, D. (Org.). Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006. p. 51-79.

RONSINI, V. V. M. A perspectiva das mediações de Jesús Martín-Barbero (ou como sujar as mãos na cozinha da pesquisa empírica de recepção). In: ENCONTRO DA COMPÓS, 19., 2010, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica, 2010. p. 1-16. Disponível em: <https://goo.gl/LVjdbW>.>. Acesso em: 27 abr. 2018.

SÁ, S. P. de. Explorações da noção de materialidade da comunicação. Contracampo, Niterói, n. 10-11, p. 31-44, 2004. Edição especial.

SCOLARI, C. A. From (new)media to (hyper)mediations. recovering Jesús Martín-Barbero’s mediation theory in the age of digital communication and cultural convergence. Information, Communication & Society, Abingdon, v. 18, n. 9, p. 1092-1107, 2015. DOI: https://doi.org/10.1080/1369118X.2015.1018299

SIFUENTES, L.; ESCOSTEGUY, A. C. O mapa das mediações comunicativas da cultura: uma segunda onda na abordagem das mediações de Martín-Barbero? In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 25., 2016, Goiânia. Anais...Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2016. p. 1-17. Disponível em: <https://goo.gl/Q2zsAq>. Acesso em: 27 abr. 2018.

SIGNATES, L. Estudo sobre o conceito de mediação e sua validade como categoria de análise para os estudos de comunicação. In: SOUSA, M. W. de (Org.) Recepção mediática e espaço público. São Paulo: Paulinas, 2006. p. 55-79.

SILVA, G. Mediação & midiatização: conexões epistemológicas. Pode o conceito reformulado de bios midiático conciliar mediações e midiatização? In: JANOTTI Jr., J.; MATTOS, M. Â.; JACKS, N. (Orgs). Mediação & Midiatização. Salvador: Edufba; Brasília: Compós, 2012. p. 79-105.

TEMER, A. C. R. P.; TONDATO, M. P. A tradição dos estudos culturais na perspectiva das contribuições latino-americanas. Novos Olhares, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 150-159, 2. sem. 2014.VAZ, P. Mediação e tecnologia. Revista Famecos, Porto Alegre, n. 16, p. 45-59, dez. 2001. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2001.16.3137

WAIZBORT, L. Pequena sociologia da nota de rodapé. Novos Estudos Cebrap, São Paulo, n. 48, p. 183-186, jul. 1997.WILLIAMS, R. Televisão: tecnologia e forma cultural. São Paulo: Boitempo; Belo Horizonte: PUCMinas, 2016.

Publicado

2018-05-03

Como Citar

Girardi Júnior, L. (2018). De mediações em mediações: a questão da <i>tecnicidade</i> em Martín-Barbero. MATRIZes, 12(1), 155-172. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v12i1p155-172

Edição

Seção

Dossiê