Moisés de Lemos Martins:

“O português é uma língua não só de comunicação, mas também de culturas, pensamento e conhecimento”

Palavras-chave: Comunicação, estudos culturais, Portugal, Lusofonia, interculturalidade

Resumo

Entrevista com o professor Catedrático da Universidade do Minho, Moisés de Lemos Martins, doutor em Sociologia pela Universidade de Estrasburgo, França, é o fundador e o diretor do único centro de excelência em investigação nas áreas da comunicação e dos estudos culturais, em Portugal, segundo a avaliação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Carvalho, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor associado do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais, na Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Pesquisador 2 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Referências

Heidegger, M. (2002). A questão da técnica. In M. Heidegger. Ensaios e conferências (pp. 11-38). Petrópolis: Vozes. (Obra original publicada em 1954)

Martins, M. de L. (2011). Crise no castelo da cultura: das estrelas para os ecrãs. Coimbra: Grácio Editor.

Musil, R. (2008). O homem sem qualidades. Lisboa: D. Quixote. (Obra original publicada em 1952)

Perniola, M. (2004). O sex appeal do inorgânico. Coimbra: Ariadne. (Obra original publicada em 1994)

Steiner, G. (1992). No Castelo do Barba Azul: algumas notas para a redefinição da cultura. Lisboa: Relógio D’Água. (Obra original publicada em 1971)

Vattimo, G. (1992). A sociedade transparente. Lisboa: Relógio D’Água.

Wiener, N. (1984). Cibernética e sociedade: o uso humano de seres humanos. São Paulo: Cultrix. (Obra original publicada em 1950)

Publicado
2019-04-30
Como Citar
Carvalho, C. (2019). Moisés de Lemos Martins:. MATRIZes, 13(1), 93-106. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v13i1p93-106
Seção
Entrevista