Igreja eletrônica, religiosidade midiática, religiosidade midiatizada: conceitos para pensar as relações entre mídia e religião

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v15i1p275-298

Palavras-chave:

Igreja eletrônica, Midiatização da religião, Mídia e religião, Religiosidade midiática, Religiosidade midiatizada

Resumo

O crescente número de pesquisas sobre mídia e religião tem favorecido a emergência de um conjunto diverso de olhares sobre o fenômeno, o que se reflete em diferentes metodologias, teorias e conceitos. Este artigo objetiva discutir conceitos recorrentes em trabalhos de pesquisadores desta área, sobretudo no Brasil, e indicar de que modo nos ajudam a entender aspectos dessa problemática, bem como possíveis limitações. Assim, por meio de revisão bibliográfica, reflete-se sobre a produtividade de conceitos gerais como igreja eletrônica, religiosidade midiática, religiosidade midiatizada para pensar as transformações da religião na contemporaneidade nas suas interconexões com a mídia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Túlio de Sousa, Universidade do Estado de Minas Gerais

Doutor em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), graduado em Comunicação (habilitação Jornalismo) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Referências

Assmann, H. (1986). A igreja eletrônica e seu impacto na América Latina. Vozes.

Barka, M. B. (2000). Religion et nouvelles technologies de la communication de masse: L’exemple de l’Église électronique. Fac-Réflexion, 53(4), 30-40. https://bit.ly/2OQXijT

Belotti, K. K., & Cunha, M. N. (2016). Mídia, religião e cultura: Percepções e tendências em perspectiva global. Prismas.

Borelli, V. (2007) Da festa ao cerimonial midiático: As estratégias de midiatização da teleromaria da Medianeira pela Rede Vida [Tese de doutorado, Universidade do Vale do Rio dos Sinos]. Repositório institucional da Unisinos. http://bit.ly/390nfEw

Borelli, V. (2010). Mídia e religião: Entre o mundo da fé e o do fiel. E-Papers.

Braga, J. L. (2012). Circuitos versus campos sociais. In M. Â. Matos, J. Janoti Jr., & N. Jacks (Orgs.), Mediação & midiatização (pp. 31-52). Edufba.

Braga, J. L. (2015). Lógicas da mídia, lógicas de midiatização? In N. R. Anselmino, A. Fausto Neto, & I. L. Gindin (Orgs.), Relatos de investigaciones sobre mediatizaciones (pp. 15-32). UNR Editora.

Bratosin, S. (2004). La concertation dans le discours du président Jacques Chirac: Sur les traces d’une representation mythique. Argumentum, (3), 11-35.

Camargo, H. W. de. (2019). Umbanda, cultura e comunicação: Olhares e encruzilhadas. Syntagma.

Campos, L. de C., Jr. (1995). Pentecostalismo: As religiões na história. Ática.

Cunha, M. N. (2002). O conceito de Religiosidade Midiática como atualização do conceito de Igreja Eletrônica em tempos de cultura gospel [Artigo apresentado]. XXV Congresso Anual em Ciência da Comunicação, Salvador, BA, Brasil. https://bit.ly/3r9QT0c

Cunha, M. N. (2009). Religiosidade midiática em tempos de cultura “gospel”. Tempo e Presença Digital, 4(15). https://bit.ly/3vFZATH

Cunha, M. N. (2016). Elucidações contemporâneas nos estudos brasileiros em mídia e religião: A perspectiva das mediações culturais e comunicacionais. Revista Famecos, 23(2), ID22280. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2016.2.22280

Cunha, M. N., & Storto, L. (2020). Comunicação, linguagens e religiões. Syntagma.

Damasio, J. (2020). Da caridade à cidadania em fluxos: Posicionamentos espíritas nas Eleições 2018. Compolítica, 10(2), 135-166. https://doi.org/10.21878/compolitica.2020.10.2.400

Deacon, D., & Stanyer, J. (2014). Mediatization: Key concept or conceptual bandwagon? Media, Culture & Society, 36(7):1032-1044. https://doi.org/10.1177/0163443714542218

Fausto Neto, A. (2004). Religião do contato: Estratégias dos novos “templos midiáticos”. Em Questão, 2(1), 163-182. http://bit.ly/3s7vXbE

Fausto Neto, A., Gomes, P. G., Magalhães, T., & Sbardelotto, M. (2013). Mídias e religião: A comunicação e a fé em sociedades em midiatização (2a ed.). Editora Unisinos.

Ferrara, L. D. (2010). A estratégia empírica da comunicação. In J. L. Braga, M.I. V Lopes, & L. C. Martino (Orgs.), Pesquisa empírica em comunicação (pp. 51-69). Paulus.

Gomes, N. S.; Farina, M.; Forno, C. (2014). Espiritualidade, religiosidade e religião: Reflexão de conceitos em artigos psicológicos. Revista de Psicologia da IMED, 6(2), 107-112.

Gomes, P. G. (2010). Da igreja eletrônica à sociedade em midiatização. Paulinas.

Gomes, P. G. (2016). Midiatização: Um conceito, múltiplas vozes. Revista Famecos, 23(2), ID22253. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2016.2.22253

Gutwirth, J. (1998). L’église électronique : La saga des télévangélistes. Bayard.

Hanegraaff, W. J. (2017). Espiritualidades da nova era como uma religião secular: Perspectiva de um historiador (F. L. Stern & C. Bein, trads.). Religare, 14(2), 403-424. https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2017v14n2.37587

Hartmann, A (2002). Religiosidade midiática: Uma nova agenda pública na construção de sentidos. IHU-Online. https://bit.ly/2OStFi7

Hepp, A. (2014). As configurações comunicativas de mundos midiatizados: Pesquisa da midiatização na era da “mediação de tudo”. MATRIZes, 8(1), 45-64. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i1p45-64

Hepp, A., Hjarvad, S., & Lundby, K. (2015). Mediatization: Theorizing the interplay between media, culture and society. Media, Culture & Society, 37(2), 314-324. https://doi.org/10.1177/0163443715573835

Hjarvard, S. (2006). The mediatization of religion: A theory of the media as an agent of religious change [Artigo apresentado]. 5th International Conference on Media, Religion and Culture: Mediating Religion in the Context of Multicultural Tension. Estocolmo, Suécia. https://bit.ly/2aUgntp

Hjarvard, S. (2014). A midiatização da cultura e da sociedade. Editora Unisinos.

Klein, A., & Camargo, H. W. de. (2017). Mitos, mídias e religiões na cultura contemporânea. Syntagma.

Marques, A. C. S., & Guimarães, B. M. A. (2018). Conversações políticas e midiatização no Facebook: Interações e conflitos a partir dos comentários sobre as ações da Frente Parlamentar Evangélica. Intercom, 41(3), 87-103. https://doi.org/10.1590/1809-5844201835

Marques de Melo, J., Gobbi, M. C., & Endo, A. C. B. (2007). Mídia e religião na sociedade do espetáculo. Universidade Metodista de São Paulo.

Martín-Barbero, J. (1995). Secularizacion, desencanto y reencantamiento massmediatico. Dialogos de la Comunicación, (41), 71-81. https://bit.ly/3r7eejh

Martino, L. M. S. (2012). Mediação e midiatização em suas articulações teóricas e práticas: um levantamento de hipóteses e problemáticas. In M. Â. Matos, J. Janoti Jr., & N. Jacks (Orgs.), Mediação & midiatização (pp. 219-244). Edufba.

Martino, L. M. S. (2014). Mediatização da religião e esfera pública nas eleições paulistanas de 2012. Revista Brasileira de Ciência Política, (14), 7-26. https://doi.org/10.1590/0103-335220141401

Martino, L. M. S. (2015). A midiatização do campo religioso: esboço de uma síntese possível. Comunicação & Informação (UFG), (18), 6-21.

Martino, L. M. S. (2016). Mídia, religião e sociedade: Das palavras às redes digitais. Paulus.

Miklos, J. (2010). A construção de vínculos religiosos na cibercultura: A ciberreligião. [Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo]. Repositório institucional da PUC-SP. https://bit.ly/3s6SrcK

Patriota, K. R. P., Falcão, C. C., & Rodrigues, E. C. B. (2016). A cartografia de um campo: Singularidades e possibilidades nas relações entre Religião e Consumo nos trabalhos desenvolvidos na comunicação [Artigo apresentado]. XXV Encontro Anual da Compós, Goiânia, GO, Brasil. https://bit.ly/2OVijtM

Patriota, K. R. P., & Freire, A. A. (2015). O religioso na rede: Interações e discursos nas religiões 2.0. Comunicação & Informação, 18(2), 39-21. https://doi.org/10.5216/36820

Reblin, I. A. (2012). A superaventura: Da narratividade e sua expressividade à sua potencialidade teológica [Tese de doutorado, Escola Superior e Teologia]. Repositório institucional das Faculdades EST. https://bit.ly/3f0yq3K

Rodrigues, D. A. (2019, maio-agosto). Caminhar com fé: Estudo sócio-antropológico de uma peregrinação ao Santuário de Fátima, Portugal. Estudos de Religião, 33(2), 181-196.

Rosa, A. C. P. F. da (2018). A internet dos leigos: Catolicismo midiático e práticas de consumo como experiência vivida [Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Maria]. Repositório institucional da UFSM. https://bit.ly/3c5sa8Z

Sbardelotto, M. (2012, 12-15 junho). Dos bits à rede: Entre a experiência religiosa e a representação social do “católico” na internet [Artigo apresentado]. XXI Encontro Anual da Compós, Juiz de Fora, MG, Brasil. https://bit.ly/3c8MtT6

Sbardelotto, M. (2014, 27-30 maio). O leigo-amador no contexto da midiatização: Uma análise da circulação do “religioso” na internet [Artigo apresentado]. XIII Encontro Anual da Compós, Belém, PA, Brasil. https://bit.ly/2OZLhIO

Sousa, M. T. de. (2014). As narrativas do reino: Análise narrativa de programas televisivos da Igreja Universal nas madrugadas mineiras [Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte]. Repositório institucional da UFMG. https://bit.ly/30ZT8ZB

Sousa, M. T. de. (2018a). Bençãos e exorcismos midiáticos: A emergência de pontos de sacralização na programação televisiva da Igreja Universal nas madrugadas. In: C. A. Barbosa (Org.), Discursividade pentecostal II: A voz da mídia é a voz de Deus? (pp. 65-95). Reflexão.

Sousa, M. T. de. (2018b). Rezando pelo smartphone: Reconfigurações de práticas religiosas em um grupo de oração católico pelo WhatsApp. Revista Fronteiras, 20(2), 217-230. https://doi.org/10.4013/fem.2018.202.07

Spadaro, A. (2012). Ciberteologia: Pensar o Cristianismo em tempos da rede. Paulinas.

Tudor, M. A., & Herteliu, A. M. (2017). L’église connectée: Le cas de la plateforme Jesus Market. Revue des sciences religieuses, 91(4), 589-604. https://doi.org/10.4000/rsr.3564

Publicado

2021-06-08

Como Citar

Sousa, M. T. de . (2021). Igreja eletrônica, religiosidade midiática, religiosidade midiatizada: conceitos para pensar as relações entre mídia e religião. MATRIZes, 15(1), 275-298. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v15i1p275-298

Edição

Seção

Em Pauta/Agenda