Audiências televisivas latino-americanas: 15 anos de pesquisa empírica

Autores

  • Lorena Frankenberg Instituto Tecnológico de Monterrey
  • José Carlos Lozano Instituto Tecnológico de Monterrey
  • Nilda Jacks Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v3i1p167-196

Palavras-chave:

audiências televisivas, estudos culturais, recepção televisiva, pesquisa empírica de audiências

Resumo

Qual a importância do estudo sobre recepção televisiva na América Latina e os enfoques teórico-metodológicos mais utilizados? O presente trabalho discute as descobertas de uma revisão de 96 pesquisas empíricas sobre recepção televisiva publicadas em 55 das mais importantes revistas da região. Os resultados confirmam os estudos culturais como o enfoque teórico predominante; televisão, vida cotidiana e mediações, os temas mais abordados e a falta de uma base metodológica sólida em muitos dos artigos. Morley, Orozco, Martín-Barbero, García Canclini, Hall e Lull constituem os pesquisadores mais citados nas revisões da literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lorena Frankenberg, Instituto Tecnológico de Monterrey

Professora do Instituto Tecnológico de Monterrey, México

José Carlos Lozano, Instituto Tecnológico de Monterrey

Professor do Instituto Tecnológico de Monterrey, México

Nilda Jacks, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora doutora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação. Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq nível 1 D.

Publicado

2011-12-15

Como Citar

Frankenberg, L., Lozano, J. C., & Jacks, N. (2011). Audiências televisivas latino-americanas: 15 anos de pesquisa empírica. MATRIZes, 3(1), 167-196. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v3i1p167-196

Edição

Seção

Em Pauta/Agenda