Imaginar a produção, o consumo e a nação: estratégias sensíveis da comunicação publicitária

Autores

  • Vander Casaqui Escola Superior de Propaganda e Marketing

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i1p179-190

Palavras-chave:

Comunicação e consumo, publicidade, trabalho, linguagem, identidade.

Resumo

Neste artigo desenvolvemos a análise da campanha Brasil Presença, veiculada no anode 2009. A série de comerciais apresenta os elos invisíveis constituintes das cadeias deprodução e do consumo no Brasil contemporâneo, representadas por sujeitos e suas narrativaspessoais. A publicidade constrói o sentido de comunidade imaginada e instaura ainstituição bancária como presença fundamental na nação constituída discursivamente,em torno do trabalho e do consumo. De acordo com o discurso, os entrelaçamentos detrajetórias humanas e de fluxos econômicos são motivadores da visão eufórica do país,tanto internamente quanto em sua visibilidade no cenário mundial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vander Casaqui, Escola Superior de Propaganda e Marketing

Docente do PPGCom Comunicação e Práticas de Consumo - ESPM. Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo.

Publicado

2014-06-24

Como Citar

Casaqui, V. (2014). Imaginar a produção, o consumo e a nação: estratégias sensíveis da comunicação publicitária. MATRIZes, 8(1), 179-190. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i1p179-190

Edição

Seção

Em Pauta/Agenda