"LE DERNIER MOT", DE MAURICE BLANCHOT, OU A TORRE DE BABEL

Autores

  • Davi Andrade Pimentel Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v3i6p111-125

Palavras-chave:

Maurice Blanchot, Torre de Babel, Bacantes, origem, linguagem.

Resumo

Este artigo analisa a narrativa “Le dernier mot”, do escritor francês Maurice Blanchot, a partir de dois mitos: o mito bíblico da Torre de Babel e o mito grego das Bacantes. Desse diálogo, destacam-se três questões que são fundamentais no desenvolvimento deste artigo: a questão da palavra babélica, a questão do retorno à origem e, por fim, a questão do primitivo/criança. Essas questões têm como pressuposto teórico, além dos textos ensaísticos de Blanchot, textos de Jacques Derrida, Friedrich Nietzsche e Jean-Luc Nancy.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Davi Andrade Pimentel, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense, com pesquisa de tese sobre a obra ficcional e ensaística do escritor francês Maurice Blanchot. Tese intitulada: "Maurice Blanchot: ficção-crítica". Em processo de obtenção de uma bolsa de pós-doutorado júnior junto ao CNPq na mesma universidade. Atualmente, pesquisa a obra ficcional e teórica de Blanchot.

Referências

BÍBLIA DE ESTUDO NVI/ organizador geral Kenneth Barker; co-organizadores Donald Burdick... [et al.]. São Paulo: Editora Vida, 2003.

BLANCHOT, Maurice. L’écriture du désastre. Paris: Gallimard, 1980.

__________________. Après coup précédé par Le ressassement éternel. Paris: Les Éditions de Minuit, 1983.

__________________. A conversa infinita 1: A palavra plural; tradução de Aurélio Guerra Neto. São Paulo: Escuta, 2001.

__________________. La folie du jour. Paris: Gallimard, 2002.

__________________. A conversa infinita 2: A experiência limite; tradução de João Moura Jr. São Paulo: Escuta, 2007.

CAMUS, Albert. Caligula. Paris: Gallimard, 1958.

DERRIDA, Jacques. Donner la mort. Paris: Galilée, 1999.

________________. Torres de Babel; tradução de Junia Barreto. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

EURÍPEDES. As Bacantes de Eurípedes; tradução de Trajano Vieira. São Paulo: Perspectiva, 2010.

NANCY, Jean-Luc. La communauté désœuvrée. Paris: Christian Bourgois éditeur, 2011.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia ou helenismo e pessimismo; tradução de J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

Downloads

Publicado

2015-09-23

Como Citar

Pimentel, D. A. (2015). "LE DERNIER MOT", DE MAURICE BLANCHOT, OU A TORRE DE BABEL. Non Plus, 3(6), 111-125. https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v3i6p111-125

Edição

Seção

ESTUDOS LITERÁRIOS