Martins Pena, um homem do teatro na crítica literária brasileira

Autores

  • Andréa Sannazzaro Ribeiro Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2016.118952

Palavras-chave:

Teatro brasileiro, Martins Pena, crítica literária

Resumo

Martins Pena teve uma vasta produção teatral no Brasil da primeira metade dos Oitocentos como autor de comédias, gênero considerado menor pela tradição desde a Poética de Aristóteles, que a caracterizava como “a imitação de homens inferiores”. Nesse contexto, levantamos a questão de que a importância de sua obra no panorama teatral brasileiro pode ter sofrido, de início, algum prejuízo – por parte de autores como Sílvio Romero e José Veríssimo. Colocamos, assim, em discussão a ausência, durante certo período, de uma historiografia teatral que permitisse separar a literatura das artes da cena, uma vez que Martins Pena, “um homem do teatro”, por possuir características marcantes voltadas especificamente à construção dramatúrgica da ação, teria sido posto em perspectiva diferenciada com relação a outros autores que se voltavam mais propriamente para a construção textual da cena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Sannazzaro Ribeiro, Universidade Federal de Ouro Preto

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto, sob orientação da Profa. Dra. Luciana da Costa Dias.

Downloads

Publicado

2016-08-15

Como Citar

Ribeiro, A. S. (2016). Martins Pena, um homem do teatro na crítica literária brasileira. Opiniães, 5(8), 69-79. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2016.118952