A experiência do presente em Corola, de Claudia Roquette-Pinto

  • Vinícius de Oliveira Prado FFLCH - USP
Palavras-chave: Tempo, Presente, Trauma, Experiência, Poesia

Resumo

Este trabalho tem por finalidade apresentar uma interpretação da obra poética Corola de Claudia Roquette-Pinto. Trata-se de pensar como a experiência do presente vem na esteira de uma vivência de choque cotidiana capaz de aflorar nos aspectos mais sensíveis da interioridade. Para tanto, será necessário refletir, a partir do trauma, como se dá a mobilização dos referentes em prol da construção de um real que se encontra defasado. Neste sentido, a poesia de Claudia aparece como um movimento de interiorização capaz de expor seu entorno. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius de Oliveira Prado, FFLCH - USP
Possui bacharel e licenciatura em Filosofia pela Universidade de São Paulo. É mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da mesma universidade sob orientação do Prof. Dr. Celso Fernando Favaretto, onde desenvolve pesquisa na área de Estética.

Referências

BARTHES, Roland. Existe uma escrita poética? In: O grau zero da escrita. Tradução de Mario Laranjeira. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

CANDIDO, Antonio. O estudo analítico do poema. São Paulo: Associação Editorial Humanitas, 2006.

CAVALCANTE DE SOUZA, José. Os pré-socráticos. São Paulo. Abril Cultural. 1978. (Coleção Os pensadores).

FOSTER, Hal. O retorno do real. Tradução de Célia Euvaldo. São Paulo: Ubu, 2017.

JAMESON, Fredric. Pós-modernidade e sociedade de consumo. Tradução de Vinícius Dantas. Novos estudos – CEBRAP, São Paulo, nº12, Jun. 1985.

PAZ, Octavio. O arco e a lira. Tradução de Ari Roitman e Paulina Watch. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

______. Poesia de solidão e poesia de comunhão. In: A busca do presente e outros ensaios. Rio de Janeiro: Bazar do tempo, 2017. Tradução de Eduardo Jardim.

ROQUETTE-PINTO, Claudia. Corola. Cotia: Ateliê Editorial, 2000.

______. É impossível verbalizar o que realmente interessa (entrevista). In: Papos contemporâneos 1. Org. Dau Bastos. Rio de Janeiro: UFRJ, Centro de Letras e Artes. Faculdade de Letras. 2007.

______. Margem de manobra. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2005.

SIMON, Iumna Maria. Situação de Sítio. Novos estudos – CEBRAP, São Paulo, n. 82, p. 151-165, Nov. 2008. Disponível em:

<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002008000300008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 17 Jun. 2018.

SIMON, Iumna Maria; DANTAS, Vinicius. Consistência de Corola. Novos estudos – CEBRAP, São Paulo, n. 85, p. 215-235, 2009. Disponível em:

<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002009000300010&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 17 Jun. 2018.

Publicado
2018-07-29
Como Citar
de Oliveira Prado, V. (2018). A experiência do presente em Corola, de Claudia Roquette-Pinto. Opiniães, (12), 165-180. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2018.142202