(Des)confiança e medo nas cidades de Amilcar Bettega Barbosa e de Murilo Rubião

  • Raul da Rocha Colaço Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Estrangeiro, Cidade, Amilcar Bettega Barbosa, Murilo Rubião, Literatura Comparada

Resumo

Através de uma análise comparativa entre os contos “A aventura prático-intelectual do sr. Alexandre Costa”, de Amilcar Bettega Barbosa (2004), e de “A cidade”, de Murilo Rubião (1999), busco investigar como se dão as relações de convivência entre estrangeiros e nativos dentro de espaços citadinos ficcionais que, de certo modo, retratam espaços reais. Para isso, foram úteis as contribuições de Susan Sontag (1987a; 1987b), de José D’Assunção Barros (2012), de Remo Ceserani (2006), de Claudio Cruz (1994), de Zygmunt Bauman (2009), entre outras. Como resultado, sinalizo que ambos os autores elegem, basicamente, o viés negativo dessa experiência para uma materialização textual, ocultando do leitor todas as possíveis vantagens oriundas desse contato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Júnia de Castro Magalhães. Ficção e auto/biografia: implicações teóricas. Disponível em: . Acesso em: 19 dez 2017.

BARBOSA, Amilcar Bettega. A aventura prático-intelectual do sr. Alexandre Costa. In: Os lados do círculo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. p. 83-96.

BARROS, José D’Assunção. Cidade e história. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

BAUMAN, Zygmunt. Confiança e medo na cidade. Tradução de Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

BONDER, Nilton. A alma imoral: traição e tradição através dos tempos. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

BORDINI, Maria da Glória. Um flâneur no romance de Porto Alegre. In: CRUZ, Claudio. Literatura e cidade moderna: Porto Alegre 1935. Porto Alegre: EDIPUCRS: IEL, 1994. p. 8-10.

BUARQUE, Chico. Geni e o zepelim. Disponível em: . Acesso em: 28 dez 2017.

CAMPRA, Rosalba. Territórios da ficção fantástica. Rio de Janeiro: Dialogarts Publicações, 2016.

CESERANI, Remo. O fantástico. Tradução de Nilton Cezar Tridapalli. Curitiba: Editora UFPR; Eduel, 2006.

CRUZ, Claudio. Literatura e cidade moderna: Porto Alegre 1935. Porto Alegre: EDIPUCRS: IEL, 1994.

FREUD, Sigmund. O estranho. Disponível em: . Acesso em: 27 dez 2017.

FUENTES, Carlos. Aura. Tradução de Olga Savary. Porto Alegre: L&PM, 2015.

LEITE, Ligia Chiappini Moraes. O foco narrativo (ou A polêmica em torno da ilusão). São Paulo: Ática, 2002.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Literatura comparada, intertexto e antropofagia. Tradução de Denise Bottmann. In: Flores da escrivaninha: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 1990. p. 91-99.

RUBIÃO, Murilo. A cidade. In: Contos reunidos. 2.ed. São Paulo: Ática, 1999. p. 57-63.

REZENDE, Maria Valéria. Quarenta dias. Rio de Janeiro: Objetiva, 2014.

SAID, Edward Wadie. Cultura e imperialismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

SONTAG, Susan. O antropólogo como herói. In: Contra a interpretação. Porto Alegre: L&PM, 1987a.

______. A vontade radical: estilos. Tradução de João Roberto Martins Filho. São Paulo: Companhia das Letras, 1987b.

SWIFT, Jonathan. Uma modesta proposta para prevenir que, na Irlanda, as crianças dos pobres sejam um fardo para os pais ou para o país, e para as tornar benéficas para a República. Disponível em: < http://www.esquerda.net/sites/default/files/Uma_modesta _johnatan_swift.pdf>. Acesso em: 23 dez 2017.
Publicado
2018-12-21
Como Citar
Colaço, R. da R. (2018). (Des)confiança e medo nas cidades de Amilcar Bettega Barbosa e de Murilo Rubião. Opiniães, (13), 277-297. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2018.148824