Entre a poesia e a prosa

Drummond e a Revolução de 30

  • Gabriel Provinzano Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Modernismo Brasileiro, Carlos Drummond de Andrade, Alguma poesia, Brejo das Almas

Resumo

O artigo procura desenvolver a hipótese de que o poema "Outubro 1930", de Carlos Drummond de Andrade, ocupa uma posição estratégica dentro da sua obra, porque nele o individualismo característico do seu primeiro livro, Alguma poesia, começa a se revelar insuficiente e problemático. Através da análise do poema, sugere-se que na mescla de registros que o caracteriza está cifrada simultaneamente uma crise do poeta com o seu lirismo e uma tentativa tímida de abrir novos caminhos poéticos. Para reforçar a hipótese, resgata-se um trecho de uma carta de Drummond a Mário de Andrade e um trecho de uma crônica deste último para mostrar como o poeta mineiro estava àquela altura tomando consciência da precariedade da sua posição e da necessidade de mudança. Indiretamente, o objetivo do artigo é situar o processo de tomada de consciência de Drummond dentro da intensa movimentação ideológica que agitou nossa intelectualidade na passagem dos anos 20 para os anos 30, discutindo sua especificidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. “Autobiografia para uma revista”. In: Confissões de Minas. São Paulo: Cosac Naify, 2011. pp. 66-71.

______. Poesia 1930/62. Organização Júlio Castañon Guimarães, São Paulo: Cosac Naify, 2012.

ANDRADE, Mário de. “A poesia em 1930”. In: Aspectos da Literatura Brasileira. São Paulo: Martins, 1974. pp. 28-53.

______. “Puro, sem mistura”. In: Táxi e crônicas no Diário Nacional. Estabelecimento de texto, introdução e notas Telê Porto Ancona, São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1976, pp. 211-213.

CANDIDO, Antonio. “A revolução de 30 e a cultura”. In: A educação pela noite. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2011. pp. 201-238.

COELHO, Lélia (Org.). Carlos & Mário: correspondência entre Carlos Drummond de Andrade - inédita - e Mário de Andrade: 1924-1945. Rio de Janeiro: Bem-Te-Vi, 2002.

MERQUIOR, José Guilherme. Verso universo em Drummond. Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

SIMON, Iumna Maria. "O mundo em chamas e o país inconcluso". Novos Estudos. São Paulo: CEBRAP, n. 103, nov. 2015. pp. 169-191.
Publicado
2018-12-21
Como Citar
Provinzano, G. (2018). Entre a poesia e a prosa. Opiniães, (13), 191-209. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2018.149131