Indústria cultural, ditadura e outras mumunhas mais

Caetano e Chico entre o prazer e a dor da mercadoria

  • Matheus Araujo Tomaz Usp
Palavras-chave: Indústria cultural; Ditadura militar; Chico Buarque; Caetano Veloso; Roda viva; Baby., Culture industry; Military Dictatorship in Brazil; Chico Buarque; Caetano Veloso; Roda viva; Baby.

Resumo

Resumo: O presente artigo busca analisar como as questões ligadas ao desenvolvimento das forças produtivas em “Baby” (1968) de Caetano Veloso e “Roda Viva” (1967) de Chico Buarque foram formalizadas.  Para isso, foram utilizados os escritos de Adorno e Horkheimer sobre a indústria cultural e de Roberto Schwarz sobre seus desdobramentos no Brasil como ponto de partida.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ADORNO, Theodor W. A Indústria cultural. In COHN, Gabriel. Comunicação e indústria cultural. São Paulo: Editora Nacional, 1975.

BEATLES. Rubber Soul. EMI Records Limited, 1965

BEATLES. Sgt. Pepper's lonely hearts club band. RMG Rekordz, 2004.

BENJAMIN, Walter. "O autor enquanto produtor." W. Benjamin, Sobre arte, técnica, linguagem e política (1992): 157-170.

BUARQUE, Chico. Chico Buarque de Hollanda Vol. 3. RGE. Brasil, 1968.

BUARQUE DE HOLLANDA, Heloisa. "Impressões de viagem: CPC, vanguarda e desbunde: 1960/70." Rio de Janeiro: Rocco, 1992.

BURGER, Peter. Teoria da Vanguarda.São Paulo: Ubu Editora, 2017.

CASTRO, Ruy. "Chega de saudade." A história e as histórias da Bossa Nova. São Paulo, Companhia das Letras (1990), pp. 207 - 209.

COSTA, A hora do teatro épico no Brasil. São Paulo: Expressão Popular, 2016.

FAVARETTO, Celso F. Tropicália: alegoria, alegria. Ateliê editorial, 1996


GARCIA, Walter. Melancolias, mercadorias: Dorival Caymmi, Chico Buarque o Pregão de Rua e a canção popular-comercial no Brasil. Atelie Editorial, 2013.

GILBERTO, João. Chega de Saudade/Bim Bom. Odeon, 1958.

HORKHEIMER, Max; ADORNO, Theodor W. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, p. 19-52, 1985.

SCHWARZ, Roberto. O pai de família e outros estudos.São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

SCHWARZ. O fio da meada. In: ____. Sequências Brasileiras. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

VELOSO, Caetano, et al. Tropicália: ou, Panis et circencis. Mercury, 1968

VELOSO Caetano. Verdade tropical. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.
Publicado
2019-12-27
Como Citar
Tomaz, M. (2019). Indústria cultural, ditadura e outras mumunhas mais. Opiniães, (15), 14-33. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2019.159361