Patriarcado devorado: leitura de “Esses Lopes”, de João Guimarães Rosa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2021.181350

Palavras-chave:

João Guimarães Rosa, Esses Lopes, Patriarcado

Resumo

Partindo de uma perspectiva que articula literatura e sociedade, o objetivo deste texto é analisar a figuração literária do patriarcado brasileiro no conto “Esses Lopes” presente no livro Tutameia, de João Guimarães Rosa. O patriarcado, entendido como estrutura de poder que mescla a dimensão familiar à social, surge no Brasil Colônia e toma outras formas, conforme as demandas da modernidade. “Esses Lopes” apresenta o patriarcado do ponto de vista de uma mulher que mata os violentos esposos. Os meios pelos quais ela comete os assassinatos expõem o papel histórico da mulher na sociedade patriarcal. A postura transgressora da protagonista se expressa simbolicamente na devoração, imagem que conjugará, ao mesmo tempo, o poder da palavra e os artifícios caseiros. Este artigo expõe alguns apontamentos alcançados na pesquisa de mestrado que investiga o mesmo tema também em outros dois contos: “Nada e a nossa condição”, de Primeiras Estórias, e “A volta do marido pródigo”, de Sagarana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Simonette, Universidade de São Paulo - USP

Lucas Simonette é mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira USP com a dissertação: Figurações do patriarcado em Guimarães Rosa: leitura de “A volta do marido pródigo”, “Nada e a nossa condição” 

Referências

ADORNO, Theodor W; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Zahar, 1985.

ARRIGUCCI JR, Davi. O mundo misturado: romance e experiência em Guimarães Rosa. Novos Estudos Cebrap, São Paulo n. 40, v. 3, pp. 7-29, 1994. Disponível em: http://novosestudos.com.br/produto/edicao-40/. Acesso em: 29 jul. 2021.

BRANCO, Ana Lucia. Tutaméia: do chiste à mimesis. A respeito da família. 2009. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) ¬– Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8149/tde-01122009-123414/pt-br.php. Acesso em: 29 jul. 2021.

ESTÉS, Clarissa Pinkola. Mulheres que correm com os lobos: mitos e histórias do arquétipo da Mulher Selvagem. Tradução de Waldéa Barcellos. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Lembrar escrever esquecer. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2009.

HOMERO. Odisseia. Tradução de Frederico Lourenço. São Paulo: Penguin Classic/ Companhia das Letras, 2011.

HESÍODO. Teogonia: a origem dos deuses. Tradução Jaa Torrano. 7. ed. São Paulo: Iluminuras, 2007.

LÖWY, Michael. Walter Benjamin. Aviso de incêndio – Uma leitura das teses “Sobre o conceito de história”. São Paulo: Boitempo, 2005.

MAGELA, Ana Lúcia. Na garupa do cavaleiro diplomata: abrindo outras trilhas. Rio de Janeiro: Usina de Letras, 2011.

MENESES, Adélia Bezerra de. “Sereias: sedução e saber”. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, v. 1, n. 75, p. 71-93, 2020. DOI: 10.11606/issn.2316-901X.v1i75p71-93. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rieb/article/view/169168. Acesso em: 29 jul. 2021.

PERRAULT, Charles. Contos da mamãe gansa e outras histórias do tempo antigo. Tradução Leonardo Fróes. São Paulo: SESI-SP, 2018.

ROSA, João Guimarães. Tutameia (terceiras estórias). 9. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

ROSA, João Guimarães. Ave, palavra. 6. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. 19. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

ROSA, João Guimarães. Primeiras estórias. 15. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

SÁ, Sheila Pelegri de. Ecos de Lilith: um olhar para a construção da feminilidade em romances portugueses pós-revolução. 2009. Tese (Doutorado em Literatura Portuguesa) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-08022010-120401/pt-br.php. Acesso em: 29 jul. 2021.

Downloads

Publicado

2021-07-31

Como Citar

Simonette, L. (2021). Patriarcado devorado: leitura de “Esses Lopes”, de João Guimarães Rosa. Opiniães, (18), 624-640. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2021.181350