[1]
N. F. da Silva, “O performativo em Diário da catástrofe brasileira: uma análise da assinatura de Ricardo Lísias”, Opiniães, nº 16, p. 66-88, jul. 2020.