As pesquisas em comunicação das organizações: origens e fundamentos

Autores

  • Arlette Bouzon Universidad de Toulouse III

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139082

Palavras-chave:

Comunicação. Organização. Gestão da inteligência coletiva. Funcionalismo. Interpretativismo.

Resumo

A comunicação nas e das organizações é algo novo. Os trabalhos sobre esse tema, de origem anglo-saxônica, foram recentemente enriquecidos pelas pesquisas francesas. Tal objeto recebeu a influência de várias disciplinas e suas correntes de pensamento se caracterizam pelas contribuições de duas grandes escolas: a funcionalista e a interpretativista.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Arlette Bouzon, Universidad de Toulouse III
    Doctora por la Universidad Celsa-Paris IV - Sorbonne. Profesora de la Universidad de Toulouse III (Francia), en el Laboratoire d’Études et de Recherches Apliquées en Sciences Sociales (Lerass). Coordinadora del Curso1 de Comunicación Organizacional de la Universidad de Toulouse III. Coordinadora de la sección temática Comunicación y Estrategia, de la European Communicatioin Research and Education Association (Ecrea).

Publicado

2011-06-26

Como Citar

BOUZON, Arlette. As pesquisas em comunicação das organizações: origens e fundamentos. Organicom, São Paulo, Brasil, v. 8, n. 14, p. 12–28, 2011. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139082. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/139082.. Acesso em: 19 abr. 2024.