As relações públicas no meio-campo da gestão de marcas nos negócios relacionados ao esporte

Autores

  • Ary José Rocco Júnior Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Centro Universitário Fecap

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139106

Palavras-chave:

Marcas. Branding. Relações Públicas. Fenômeno esportivo. Ambev.

Resumo

A escolha do Brasil para sediar os dois eventos mais importantes do cenário esportivo internacional colocou o país, de forma definitiva, no centro dos investimentos financeiros mundiais no universo dos negócios relacionados ao esporte. A progressiva inserção mundial do fenômeno esportivo na indústria do entretenimento e consumo transforma os produtos, os atores e as agremiações esportivas em verdadeiras plataformas para a divulgação e consolidação de marcas nos diferentes mercados de atuação das empresas. O propósito deste trabalho é analisar o papel das relações públicas na mediação da relação entre as marcas e o fenômeno esportivo, focalizando como exemplo concreto o case da Ambev (Companhia de Bebidas das Américas).

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ary José Rocco Júnior, Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Centro Universitário Fecap

Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mestre em Administração pela PUC-SP. Graduado em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP) e em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Professor da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (Eefe-USP). Pró-Reitor de Graduação e coordenador dos cursos de Publicidade/Propaganda e Relações Públicas do Centro Universitário Fecap. Membro do Grupo de Pesquisa em Comunicação e esporte da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (Intercom).

Downloads

Publicado

2011-12-26