Futebol e comunicação, um processo de consumo chamado paixão

Autores

  • Rafael Prieto Ferraz

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139109

Palavras-chave:

Esporte. Comunicação. Futebol. Consumo. Propaganda.

Resumo

Os clubes futebolísticos, além de exercer papel identitário, são capazes de apresentar forte poder aglutinador sobre as pessoas, as quais podem manifestar o sentimento de pertencimento a esse grupo pelo consumo simbólico do clube e/ou de seus produtos e serviços. A comunicação, além de financiar e hiperbolizar o espetáculo esportivo, se constitui em ferramenta ratificadora das identidades clubísticas como forma de potencializar esse processo de consumo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Prieto Ferraz

Bacharel em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Supervisor de Planejamento Estratégico na agência de propaganda Lew’Lara\TBWA.Editor de conteúdo do site do Grupo de Planejamento de Marca e Comunicação do Brasil

Downloads

Publicado

2011-12-26