Comunicação de crise em mídias sociais digitais: um estudo do Twitter, do Facebook e do blog corporativo da Petrobras

Autores

  • Jones Machado Universidade Federal de Santa Maria
  • Eugenia Maria Mariano da Rocha Barichello Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139277

Palavras-chave:

Comunicação organizacional. Comunicação de crise. Estratégia de comunicação. Mídias sociais digitais. Petrobras.

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a atuação, em mídias sociais digitais, de uma empresa em situação de crise. Comoobjeto de estudo, optou-se pela Petrobras, empresa envolvida na “Operação Lava-Jato” da Polícia Federal. Os perfis daempresa no Twitter, na fanpage do Facebook e no blog corporativo representam as mídias digitais mais utilizadas para oempreendimento de estratégias de comunicação junto aos seus públicos. A análise, realizada pelo método do estudo decaso e da técnica de observação, tem foco nas postagens relacionadas à investigação judicial que foram publicadas pelaPetrobras nessas mídias sociais, nos dois primeiros meses de 2015.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jones Machado, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mestre em Comunicação e bacharel em Relações Públicas pela UFSM. Membro dos grupos de pesquisa “Comunicação institucional e organizacional” e “WebRP – Práticas de relações públicas em suportes midiáticos digitais” (UFSM/CNPq).

Eugenia Maria Mariano da Rocha Barichello, Universidade Federal de Santa Maria

Pós-Doutora pela University College London com bolsa da Capes. Doutora e mestre em Comunicação pela UFRJ. Graduada em Comunicação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e dos cursos de Relações Públicas, Jornalismo, Publicidade e Produção Editorial da UFSM.

Downloads

Publicado

2015-06-16