O acontecimento no contexto das organizações: a campanha “Casais”, os públicos e a imagem de O Boticário

Autores

  • Terezinha Silva

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2016.139315

Palavras-chave:

Acontecimento. Comunicação organizacional. Públicos. Imagem pública. Campanha “Casais”. O Boticário.

Resumo

O artigo discute o potencial do conceito de acontecimento para os estudos da comunicação organizacional a partir da análise da campanha “Casais”, de O Boticário. A análise apoia-se em textos de diversas mídias e comentários de leitores, buscando apreender como se dá a descrição, narração e recepção pública do acontecimento e como ele reconfigura a imagem de O Boticário. Evidenciamos a forma como o acontecimento afetou diferentemente os públicos, os quais atualizam a imagem de O Boticário, vinculada, por alguns, ao desrespeito à família e à promoção da “imoralidade”, e, por outros, à “coragem”, à “quebra de tabus” e à “responsabilidade social”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Terezinha Silva

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Université Paris Ouest Nanterre, em cotutela. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela UFSC. Pesquisadora associada ao Grupo de Pesquisa em Imagem e Sociabilidade (Gris/UFMG). Foi docente em cursos de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas) e da UFMG.

Downloads

Publicado

2016-06-11