Comunicação organizacional à la française: avanços e perspectivas

Autores

  • Alice Zozima Rego de Souza Paris Université du Sud – Toulon – Var
  • Larissa Conceição dos Santos Universidade Federal do Pampa

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2016.139320

Palavras-chave:

Organizações. Comunicação organizacional. Relações públicas. Aproximações teóricas. França.

Resumo

O fortalecimento do campo da comunicação organizacional em esfera mundial se deve, primeiramente, ao empenho, à dedicação e à pesquisa de investigadores implicados na formação de um arcabouço teórico e disciplinar originais. Em segundo lugar, salienta-se o diálogo e o intercâmbio necessários entre as perspectivas oriundas de diferentes partes do globo, em vista da legitimação do conhecimento científico. Nesse sentido, apresenta-se um panorama da comunicação organizacional na França, destacando a evolução da área, as principais linhas de investigação e os pesquisadores nelas implicados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Zozima Rego de Souza Paris, Université du Sud – Toulon – Var

Doutoranda em Sciences de l’Information et de la Communication e pesquisadora vinculada ao Laboratoire d’Information, Milieux, Médias et Médiation (I3M), Université du Sud – Toulon – Var (USTV), em co-tutela com a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), sob a coorientação da Prof. Dra. Margarida M. Krohling K. Kunsch. Master Recherche em (Dispositifs Socio-Techniques d’Information et de Communication (Distic) e em Sciences de l’Information et de la Communication na Université du Sud – Toulon – Var (França). Master II em Communication E-Redactionnel na Université du Sud – Toulon – Var.

Larissa Conceição dos Santos, Universidade Federal do Pampa

Doutora em Sciences de l’Information et de la Communication pela École des Hautes Études en Sciences de l’Information et de la Communication (Celsa) pelo Laboratoire Gripic, da Université de Paris-Sorbonne, em cotutela com a Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP), sob a coorientação da Prof. Dra. Margarida M. Krohling Kunsch. Professora substituta na Universidade Federal do Pampa (Unipampa)

Downloads

Publicado

2016-06-11