Principais iniciativas de inovação em comunicação no Brasil e sua relação com o ecossistema

Autores

  • Lucas Vieira de Araújo Universidade Metodista de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2019.159694

Palavras-chave:

Inovação, Comunicação, Jornalismo, Ecossistema, Brasil

Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar e caracterizar os principais movimentos de inovação em comunicação no Brasil, assim como a forma como eles se sustentam e interagem com o ecossistema. Para isso, o estudo realizou uma pesquisa de caráter qualitativo e exploratório que compilou dados primários e secundários por meio de entrevista estruturada, pesquisa documental e observação participante. Os resultados mostram que o grau de inovação é reduzido em todos os universos; inovação é incremental e há uma falta geral de integração entre as entidades do ecossistema. Este estudo também identificou que as organizações estudadas geralmente realizam ações sazonais únicas e focadas em suas próprias necessidades, o que não contribui de maneira eficaz para o desenvolvimento do ecossistema de inovação para a comunicação no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Vieira de Araújo, Universidade Metodista de São Paulo

• Doutor pela Universidade Metodista de São Paulo
• Mestre em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (UEL)
• Professor da UEL

Referências

A IMPORTÂNCIA do capital de risco para inovação. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Brasília, DF, 3 abr. 2017. Disponível em: https://bit.ly/2OItkJL. Acesso em: 17 jan. 2018.

ANDERSON, Chris; BELL, Emily; SHIRKY, Clay. Post-industrial journalism: adapting to the present. New York: Columbia Journalism School, 2012.

BELLAVITIS, Cristiano; FILATOTCHEV, Igor; KAMURIWO, Dzidziso; VANACKER, Tom. Entrepreneurial finance: new frontiers of research and practice. Venture Capital, San Francisco, v. 19, n. 1-2, p. 1-16, 2016. doi: 10.1080/13691066.2016.1259733.

BOYLES, Jan. The isolation of innovation: restructuring the digital newsroom through intrapreneurship. Digital Journalism, London, v. 4, n. 2, p. 229-246, 2016. doi: 10.1080/21670811.2015.1022193.

BRUNO, Nicola; NIELSEN, Rasmus. Survival is success: journalistic online start-ups in Western Europe. Oxford: University of Oxford, 2012.

BRUTON, Garry; KHAVUL, Susanna; SIEGEL, Donald; WRIGHT, Mike. New financial alternatives in seeding entrepreneurship: microfinance, crowdfunding, and peer‐to‐peer innovations. Entrepreneurship Theory and Practice, Medford, v. 39, v. 1, p. 9-26, 2014. doi: 10.1111/etap.12143.

CARLSON, Matt; USHER, Nikki. News startups as agents of innovation: for-profit digital news startup manifestos as metajournalistic discourse. Digital Journalism, London, v. 4, n. 5, p. 563-581, 2016. doi: 10.1080/21670811.2015.1076344.

CHESBROUGH, Henry. Inovação aberta: como criar e lucrar com a tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2012.

DOGRUEL, Leyla. What is so special about media innovations? A characterization of the field. The Journal of Media Innovations, Göteborg, v. 1, n. 1, p. 52-69, 2014. doi: 10.5617/jmi.v1i1.665.

DUTTA, Soumitra; LANVIN, Bruno; WUNSCH-VICENT, Sacha. The global innovation index 2017: innovation feeding the world. 10. ed. Geneva: World Economic Forum; Ithaca: Johnson Cornell University, 2017.

ETZKOWITZ, Henry; LEYDESDORFF, Loet. The dynamics of innovation: from National Systems and “Mode 2” to a Triple Helix of university-industry-government relations. Research policy, Amsterdam, v. 29, n. 2, p. 109-123, 2000. doi: 10.1016/S0048-7333(99)00055-4.

KARLSEN, Joakim; STAVELIN, Eirik. Computational journalism in Norwegian newsrooms. Journalism Practice, Göteborg, v. 8, n. 1, p. 34-48, 2013. doi: 10.1080/17512786.2013.813190.

KÜNG, Lucy. Innovators in digital news. London: Tauris, 2015.

MAZZUCATO, Mariana; PENNA, Caetano. The Brazilian Innovation System: a mission-oriented policy proposal. Brasília, DF: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2016.

MILOUD, Tarek; ASPELUND, Arild; CABROL, Mathieu. Startup valuation by venture capitalists: an empirical study. Venture Capital, San Francisco, v. 14, n. 2-3, p. 151-174, 2012. doi: 10.1080/13691066.2012.667907.

NEWMAN, Nic; FLETCHER, Richard; KALOGEROPOULOS, Antonis; LEVY, David; NIELSEN, Rasmus. Reuters institute digital news report 2017. Oxford: University of Oxford, 2017.

PICARD, Robert. Twilight or new dawn of journalism? Evidence from the changing news ecosystem. Digital Journalism, London, v. 2, n. 3, p. 273-283, 2014. doi: 10.1080/21670811.2014.895531.

POWERS, Matthew; ZAMBRANO, Sandra. Explaining the formation of online news startups in France and the United States: a field analysis. Journal of Communication, New York, v. 66, n. 5, p. 857-877, 2016. doi: 10.1111/jcom.12253.

PUBLIC POLICE FORUM. The shattered mirror news: democracy and trust in the digital age. Ottawa: Public Policy Forum, 2017. Disponível em: https://bit.ly/2mwqFF9. Acesso em: 17 jan. 2018.

REITER, Ehud; DALE, Robert. Building applied natural language generation systems. Natural Language Engineering, Cambridge, v. 3, n. 1, p. 57-87, 1997. doi: 10.1017/S1351324997001502.

RIFKIN, Jeremy. Sociedade com custo marginal zero. São Paulo: M. Books, 2016.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais 2013/2014: referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, 2014.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais 2014/2015: referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, 2015.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais 2015/2016: referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, 2016.

SIRKKUNEN, Esa; COOK, Clare. Chasing sustainability on the net: international research on 69 journalistic pure players and their business models. Tampere: Comet, 2012.

STORSUL, Tanja; KRUMSVIK, Arne H. What is media innovation? In: STORSUL, Tanja; KRUMSVIK, Arne H. (Ed.). Media innovations: a multidisciplinary study of change. Göteborg: Nordicom, 2013. p. 13-28.

TIDD, Joe; BESSANT, John. Gestão da inovação. Porto Alegre: Bookman, 2015.

WORLD ECONOMIC FORUM. Entrepreneurial ecosystems around the globe and company growth dynamics. Geneva: World Economic Forum, 2013.

WORLD ECONOMIC FORUM. The global information technology report 2016: innovating in the digital economy. Geneva: World Economic Forum; Ithaca: Johnson Cornell University, 2016. Disponível em: https://on.wsj.com/2wov4lj. Acesso em: 17 jan. 2018.

Downloads

Publicado

2019-12-20