Comunicação organizacional e as estratégias de invisibilidade e de redução/direcionamento da visibilidade nas mídias sociais

  • Diego Wander Santos da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rudimar Baldissera Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Comunicação Organizacional, Estratégias, Invisibilidade, Mídias Sociais, Agências de Comunicação Digital

Resumo

Nosso objetivo é compreender quais são as estratégias das organizações em situações nas quais predomina o desejo de invisibilidade e de redução/direcionamento da visibilidade nas mídias sociais. As reflexões são feitas à luz do interacionismo simbólico, fundamento epistêmico da pesquisa. Em nível empírico, realizamos entrevistas em profundidade com 17 profissionais que atuam em agências de comunicação digital. O estudo resulta em um mapa de estratégias de invisibilidade e de redução/direcionamento da visibilidade, que indica a profissionalização e uma série de problemáticas diante desses processos e recursos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Wander Santos da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Docente do curso de Relações Públicas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
  • Coordenador da Assessoria de Comunicação e Representação Institucional da Rede Marista.
  • Membro do Grupo de Pesquisa em Comunicação Organizacional, Cultura e Relações de Poder (GCCOP)
  • E-mail: diego.wander@pucrs.br
Rudimar Baldissera, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Doutor em Comunicação pela PUCRS
  • Mestre em Comunicação/Semiótica pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)
  • Graduado em Relações Públicas pela Universidade de Caxias do Sul
  • Professor associado do Departamento de Comunicação da UFRGS
  • Pesquisador e professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRGS.
  • Líder do grupo de pesquisa em Comunicação Organizacional, Cultura e Relações de Poder (GCCOP)
  • Bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Referências

BALDISSERA, Rudimar. Comunicação e significação na construção da imagem-conceito. Fronteiras, São Leopoldo, v. 10, n. 3, p. 193-200, 2008.

BALDISSERA, Rudimar. Comunicação Organizacional na perspectiva da complexidade. Organicom, São Paulo, v. 6, n. 10-11, p. 115-120, 2009.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BLUMER, Herbert. A natureza do interacionismo simbólico. In: MORTENSEN, C. David. Teoria da comunicação: textos básicos. São Paulo: Mosaico, 1980. p. 119-137.

FRANÇA, Vera. Interações comunicativas: a matriz conceitual de G. H. Mead. In: PRIMO, Alex; OLIVEIRA, Ana Claudia de; NASCIMENTO, Geraldo Carlos do; RONSINI, Veneza Mayora (org.). Comunicação e interações. Porto Alegre: Sulina, 2008. p. 71-92.

GOFMANN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 2009.

THOMPSON, John B. A nova visibilidade. Matrizes, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 15-38, 2008. Disponível em https://bit.ly/2rtfNP7. Acesso em: 6 out. 2019.

Publicado
2019-12-20