Relações de comunicação entre organizações e trabalhadores no contexto da plataformização do trabalho

Autores

  • Claudia Nociolini Rebechi Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.194489

Palavras-chave:

Comunicação e trabalho, Plataformização, Do trabalho, Plataformas digitais

Resumo

O objetivo deste artigo é problematizar a comunicação no contexto da plataformização do trabalho, considerando que a lógica de gestão e organização do trabalho mediado por plataformas digitais exige pensarmos e compreendermos as relações de comunicação entre organizações e trabalhadores sob um prisma próprio, que mobiliza simultaneamente velhos e novos elementos do mundo do trabalho no capitalismo contemporâneo. Em termos de método, a discussão apresentada é composta por revisão bibliográfica e dados secundários de pesquisas realizadas com trabalhadores.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Claudia Nociolini Rebechi, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

    Doutora e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Professora do Departamento Acadêmico de Linguagem e Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Pesquisadora do Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho da ECA-USP e do CNPq e do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Relações de Gênero e Tecnologia (GeTec-UTFPR/CNPq).

Referências

ABÍLIO, Ludmila Costhek et al. Condições de trabalho de entregadores via plataforma digital durante a covid‐19. Revista Jurídica Trabalho e Desenvolvimento Humano, Campinas, v. 3, p. 1‐21, 2020.

ABÍLIO, Ludmila Costhek. Uberização: a era do trabalhador just-in-time? Estudos Avançados, São Paulo, v. 34, n. 98, p. 111-126, 2020b.

ABÍLIO, Ludmila Costhek. Uberização: gerenciamento e controle dos trabalhadores just-in-time. In: ANTUNES, Ricardo (org.). Uberização, trabalho digital e indústria 4.0. São Paulo: Boitempo, 2020a. p. 111-124.

ANTUNES, Ricardo. O caracol e sua concha: ensaios sobre a nova morfologia do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2005.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.

ANTUNES, Ricardo. Trabalho intermitente e uberização do trabalho no limiar da indústria 4.0. In: ANTUNES, Ricardo (org.). Uberização, trabalho digital e indústria 4.0. São Paulo: Boitempo, 2020. p. 11-22.

BAPTISTELLA, Camilla V. Pra quem tem fome: vigilância e controle algorítmicos no processo de trabalho de um aplicativo de entrega em Curitiba. 2021. Dissertação (Mestrado em Tecnologia e Sociedade) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2021.

CASILLI, Antonio. En attendant les robots : enquête sur le travail du clic. Paris: Seuil, 2019.

CONDIÇÕES de trabalho, direitos e diálogo social para trabalhadoras e trabalhadores do setor de entrega por aplicativo em Brasília e Recife. São Paulo: Central Única dos Trabalhadores, 2021.

CORIAT, Benjamin. Pensar pelo avesso: o modelo japonês de trabalho e organização. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ: Revan, 1994.

CUNHA, Joana. O que segura entregador de app em casa é preço da gasolina e não ômicron, diz especialista. Folha de S.Paulo, São Paulo, 15 jan. 2022. Disponível em: https://bit.ly/3Gf5AbI. Acesso em: 8 maio 2022.

DESMAREZ, Pierre. La sociologie industrielle aux États-Unis. Paris: Armand Colin, 1986.

FAIRWORK. Fairwork Brasil 2021: por trabalho decente na economia de plataformas. Porto Alegre: Fairwork, 2022. Disponível em: https://bit.ly/3a6JGv0. Acesso em: 8 maio 2022.

FAIRWORK. Relatório anual Fairwork 2020. Oxford: Fairwork, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3lGeoO0. Acesso em: 9 abr. 2021.

GRAHAM, Mark; ANWAR, Amir M. Trabalho digital. In: ANTUNES, Ricardo (org.). Uberização, trabalho digital e indústria 4.0. São Paulo: Boitempo, 2020. p. 47-58.

GROHMANN, Rafael. Plataformização do trabalho: características e alternativas. In: ANTUNES, Ricardo (org.). Uberização, trabalho digital e indústria 4.0. São Paulo: Boitempo, 2020. p. 93-110.

GROHMANN, Rafael. Trabalho digital: o papel organizador da comunicação. Comunicação, Mídia e Consumo, São Paulo, v. 18, n. 51, p. 166-185, 2021.

INTERNATIONAL LABOUR ORGANIZATION. World employment and social outlook 2021: the role of digital labour platforms in transforming the world of work. Geneva: ILO, 2021. Disponível em: https://bit.ly/3PCght3. Acesso em: 23 jan. 2022.

LINHART, Danièle. A desmedida do capital. São Paulo: Boitempo, 2007.

PINTO, Geraldo A. A organização do trabalho no século 20: taylorismo, fordismo e toyotismo. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

REBECHI, Claudia N. Prescrições de comunicação e racionalização do trabalho: os ditames de relações públicas em diálogo com o discurso do IDORT (anos 1930-1960). 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

REBECHI, Claudia N.; BAPTISTELLA, Camilla. O trabalho mediado por plataformas digitais e assimetrias nas relações de comunicação. Katálysis, Florianópolis, v. 25, n. 1, p. 83-92, 2022.

REBECHI, Claudia N.; FIGARO, Roseli; SALVAGNI, Julice; MARQUES, Ana F. Controvérsias entre os princípios do trabalho justo e a uberização do trabalho de entregadores no contexto da pandemia de covid-19. In: ENCONTRO NACIONAL DA ABET, 17., 2021, Uberlândia. Anais […]. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2021.

ROSENBLAT, Alex; STARK, Luke. Algorithmic labor and information asymmetries: a case study of Uber’s drivers. International Journal of Communication, Los Angeles, v. 10, p. 3758-3784, 2016.

TORQUATO, Gaudêncio. Comunicação empresarial, comunicação institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. 2. ed. São Paulo: Summus, 1986.

VALE, Gabriel; REBECHI, Claudia N. Uberização do trabalho doméstico remunerado: formas prescritivas de trabalho na plataforma Donamaid. In: ENCONTRO NACIONAL DA ABET, 17., 2021, Uberlândia. Anais […]. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2021.

VAN DOORN, Niels. Platform labor: on the gendered and racialized exploitation of low-income service work in the ‘on-demand’ economy. Information, Communication & Society, [S. l.] v. 20, n. 6, p. 898-914, 2017.

Downloads

Publicado

2022-11-18

Como Citar

REBECHI, Claudia Nociolini. Relações de comunicação entre organizações e trabalhadores no contexto da plataformização do trabalho: . Organicom, São Paulo, Brasil, v. 19, n. 38, p. 82–92, 2022. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.194489. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/194489.. Acesso em: 21 jul. 2024.