Mulheres, ambulantes e produtoras culturais: as alianças em torno da Garagem das Ambulantes

Autores

  • Flávia Barroso Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.200957

Palavras-chave:

Feminismo, Aliança, Ativismo, Cultura e comunicação

Resumo

O artigo investiga as alianças urbanas entre mulheres ambulantes e coletivos culturais constituídas nos últimos anos para a elaboração do espaço festivo Garagem das Ambulantes, no centro do Rio de Janeiro. A constituição do espaço vem sendo acompanhada pela pesquisadora desde 2018, a partir de cartografias de espaços musicais independentes na região. Com base no pensamento de Judith Butler, analisamos o processo de formação de alianças entre grupos na produção de espaços de visibilidade, expressão e renda para mulheres ambulantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Barroso, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora e mestre em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Referências

ALTINO, Lucas. Bloco Tambores de Olokun é impedido pela Prefeitura de realizar ensaio no Aterro do Flamengo. O Dia, Rio de Janeiro, 22 out. 2017. Disponível em: https://glo.bo/2zuy7Gx. Acesso em: 27 ago. 2018.

AMARAL, Adriana. Subculturas e cibercultura(s): para uma genealogia das identidades de um campo. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 15, n. 37, p. 38-44, 2008.

ANTUNES, Thiago. Carlos Thiago Cesário Alvim: atravessaram o samba. O Dia, Rio de Janeiro, 29 nov. 2017a. Disponível em: https://odia.ig.com.br/opiniao/2017-11-30/carlos-thiago-cesario-alvim-atravessaram-o-samba.html. Acesso em: 6 abr. 2022.

ANTUNES, Thiago. Polícia Militar impede realização da roda de samba Pede Teresa. O Dia, Rio de Janeiro, 29 jul. 2017b. Disponível em: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2017-07-29/policia-militar-impede-realizacao-da-roda-de-samba-pede-teresa.html. Acesso em: 6 abr. 2022.

BARROSO, Flávia Magalhães; FERNANDES, Cíntia Sanmartin. Os limites da rua: uma discussão sobre regulação, tensão e dissidência das atividades culturais nos espaços públicos do Rio de Janeiro. Políticas Culturais em Revista, Salvador, v. 11, n. 1, p. 100-121, 2018. doi: https://doi.org/10.9771/pcr.v11i1.26706.

BOERE, Natalia. Cultura vai ganhar cinco quadriláteros para eventos em locais públicos. O Globo, Rio de Janeiro, 24 out. 2017. Disponível em: https://glo.bo/2H6yrUl. Acesso em: 27 ago. 2018.

BUTLER, Judith. Corpos em aliança e a política das ruas: notas para uma teoria performativa de assembleia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018.

BUTLER, Judith. Problema de los géneros, teoría feminista y discurso psicoanalítico. In: NICHOLSON, Linda J. (org.). Feminismo-posmodernismo. Buenos Aires: Feminaria, 1992. p. 22-49.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

CANCLINI, Néstor García. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 2012.

CHOQUE de Ordem. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 16 set. 2009. Disponível em: http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?article-id=87137. Acesso em: 24 nov. 2022.

COSTA, Daiane. Crise empurra mais 200 mil pessoas para o trabalho na rua. O Globo, Rio de Janeiro, 13 maio 2018. Disponível em: https://oglobo.globo.com/economia/crise-empurra-mais-200-mil-pessoas-para-trabalho-na-rua-22678103. Acesso em: 24 nov. 2022.

DERRIDA, Jacques. Posições. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

HERSCHMANN, Micael; FERNANDES, Cíntia Sanmartin. Música nas ruas do Rio de Janeiro. São Paulo: Intercom, 2014.

JACQUES, Paola Berenstein. Elogio aos errantes. Salvador: Edufba, 2012.

LACERDA, Paula. Prefeitura interdita parcialmente a festa na rua do Rivalzinho. O Globo, Rio de Janeiro, 20 out. 2017. Disponível em: https://oglobo.globo.com/rioshow/prefeitura-interdita-parcialmente-festa-na-rua-do-rivalzinho-21972759. Acesso em: 26 abr. 2022.

LATOUR, Bruno. Reagregando o social: uma introdução à teoria do ator-rede. Salvador: Edufba; Bauru: Edusc, 2012.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2003.

MONTEIRO, Tiago José Lemos. Alfama “chorou”: elementos para uma cartografia da presença musical brasileira em Portugal. Logos, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 55-71, 2011. doi: https://doi.org/10.12957/logos.2011.2256.

PEDRA do Sal cancela roda de samba e responsabiliza Guarda Municipal, que nega intervenção. Extra, Rio de Janeiro, 3 jul. 2017. Disponível em: https://extra.globo.com/noticias/rio/pedra-do-sal-cancela-roda-de-samba-responsabiliza-guarda-municipal-que-nega-intervencao-21549816.html. Acesso em: 6 abr. 2022.

PEREIRA, Simone Luci; SANTIAGO, Sabrina. Circuitos, cenas, cosmopolitismos: cartografias da latinidade em São Paulo. In: COMUNICON, 4., 2014, São Paulo. Anais […]. São Paulo: PPGCOM/ESPM, 2014. p. 1-16.

PREFEITURA do Rio cria programa Ambulante Legal. G1, Rio de Janeiro, 6 ago. 2018. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2018/08/06/prefeitura-do-rio-cria-programa-ambulante-legal.ghtml. Acesso em: 24 nov. 2022.

SÁ, Simone Pereira de. Contribuições da teoria ator-rede para a ecologia midiática da música. Contemporânea, Salvador, v. 12, n. 3, p. 537-555, 2014.

STREETNET INTERNATIONAL. Copa do Mundo para todos: o retrato dos vendedores ambulantes nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Durban: StreetNet International, 2012. Disponível em: https://apublica.org/wp-content/uploads/2012/04/1-publicacao_SN_small_pt_001.pdf. Acesso em: 15 abr. 2022.

Downloads

Publicado

2023-03-15

Como Citar

BARROSO, F. Mulheres, ambulantes e produtoras culturais: as alianças em torno da Garagem das Ambulantes. Organicom, [S. l.], v. 19, n. 40, p. 127-138, 2023. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.200957. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/200957. Acesso em: 25 mar. 2023.