Uma escola de líderes para a renovação política? Trilhas interpretativas e opacidade no RenovaBR

Autores

  • Daniel Reis Silva Universidade Federal de Minas Gerais
  • Beatriz Lobato da Silva Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2024.214518

Palavras-chave:

Renovação política, Enquadramento, Footing, Escola de líderes, Comunicação organizacional

Resumo

O artigo adota um olhar da comunicação organizacional para refletir sobre o RenovaBR, iniciativa que se apresenta como uma escola de líderes para a renovação política. Ancorado em noções de enquadramento e footing, procura desvelar aspectos sobre as práticas discursivas, estruturas organizacionais e propostas formativas do grupo. Nesses termos, identifica como seus discursos formulam trilhas interpretativas e convocam os sujeitos a ocupar posições de liderança em um quadro opaco da renovação alinhado com interesses econômicos de uma elite empresarial.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Daniel Reis Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

    • Doutor e Mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

    • Professor adjunto do Departamento de Comunicação Social (UFMG) e Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG.

  • Beatriz Lobato da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

    • Mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

AVRITZER, Leonardo. O pêndulo da democracia. São Paulo: Todavia, 2019.

BALDISSERA, Rudimar. Comunicação Organizacional na perspectiva da complexidade. Organicom, São Paulo, v. 6, n. 10-11, p. 115-120, 2009.

BRINGEL, Breno; PLEYERS, Geoffrey. June 2013, Five Years Later. In: PUZONE, Vladimir; MIGUEL, Luis Felipe. (eds.). The Brazilian Left in the 21st Century. London: Palgrave Macmillan, 2019. p. 237-257.

CUNHA, Natiele. Crise de representação e organizações suprapartidárias de formação e renovação política: uma análise da RAPS e do RenovaBR. 2023. Dissertação (Mestrado em Estado, Governo e Políticas Públicas) – Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, São Paulo, 2023.

ENTMAN, Robert. Framing: toward a clarification of a fractured paradigm. Journal of Communication, Hoboken, v. 43, n. 4, p. 51-58, 1993.

ENTMAN, Robert. Projections of power: framing news, public opinion, and US foreign policy. Chicago: University of Chicago Press, 2004.

FRANÇA, Vera. O objeto e a pesquisa em comunicação: uma abordagem relacional. MOURA, Claudia Peixoto; LOPES, Maria Immacolata Vassallo de (orgs.). Pesquisa em comunicação: metodologias e práticas acadêmicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016. p. 153-174.

GOFFMAN, Ervin. Footing. In: RIBEIRO, Branca; GARCEZ, Pedro. (orgs.). Sociolinguística Interacional. São Paulo: Loyola, 2002. p. 107-148.

MENDONÇA, Ricardo. Dimensões democráticas nas jornadas de junho: reflexões sobre a compreensão de democracia entre manifestantes de 2013. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 33, n. 98, p.1-24, 2018.

MENDONÇA, Ricardo; SIMÕES, Paula. Diferentes operacionalizações analíticas de um conceito. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 27, nº79, p. 187-201, 2012.

MOURA, Gabriel. A interação entre os Movimentos de Renovação Política e os partidos na dinâmica eleitoral de 2018. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2019.

MUFAREJ, Eduardo. Entrevista: empresário Eduardo Mufarej defende RenovaBR. [Entrevista cedida a] Natália Lambert; Paulo Lyra. Correio Braziliense, Brasília, DF, 15 out. 2017. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2017/10/15/interna_politica,633678/entrevista-empresario-eduardo-mufarej-defende-renova-br.shtml. Acesso em: 16 maio 2024.

MUMBY, Dennis. Organizational communication: a critical approach. New York: Sage, 2012.

OLIVEIRA, Ivone. Comunicação Organizacional: dimensões epistemológicas e discursivas. Belo Horizonte: UFMG, 2015.

ORTELLADO, Pablo; SOLANO, Esther. Nova direita nas ruas? Uma análise do descompasso entre manifestantes e os convocantes dos protestos antigoverno de 2015. Perseu: História, Memória e Política, São Paulo, ano 7, n. 11, p. 169-180, 2016.

RENOVABR. Relatório Anual 2021. Disponível em: https://wordpress.renovabr.org/wp-content/uploads/2022/09/RELATORIO_ANUAL_RBR_2021-4.pdf.

RYAN, Charlotte; GAMSON, William. The Art of Reframing Political Debates. Contexts, New York, v. 5, n. 1, p. 13-18, 2006.

ROJO, Sebastián. Chicago Boys in Chile: Neoliberalism, Expert Knowledge and the Rise of a New Technocracy. Revista Mexicana de Ciencias politicas y sociales, Ciudad de México, v. 64, n. 235, 2019.

SILVA, Daniel. Astroturfing: lógicas e dinâmicas de manifestações de públicos simulados. Belo Horizonte: Selo PPGCOM/UFMG, 2015.

Downloads

Publicado

2024-05-27

Como Citar

SILVA, Daniel Reis; SILVA, Beatriz Lobato da. Uma escola de líderes para a renovação política? Trilhas interpretativas e opacidade no RenovaBR. Organicom, São Paulo, Brasil, v. 21, n. 44, p. 197–208, 2024. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2024.214518. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/214518.. Acesso em: 25 jul. 2024.