Apontamentos sobre o ensino de paisagismo nos cursos de arquitetura e urbanismo da região sul do Brasil

  • Alessandro Filla Rosaneli Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Ensino Superior. Paisagismo. Região Sul. Brasil.

Resumo

Este texto faz uma reflexão acerca do ensino de paisagismo nos cursos de arquitetura e urbanismo a partir da análise quantitativa de um conjunto de informações recolhidas sobre os cursos da Região Sul do Brasil. As variáveis selecionadas – quantidade e título das disciplinas, carga horária, período de oferta, ementa e bibliografia básica – representam a essência de qualquer disciplina e permitiram compreender o panorama de aprendizado na maioria dos cursos então autorizados. Ao expor aspectos comuns e especificidades encontradas na região em dois eixos de análise - conteúdos propostos e característica da oferta, este artigo promove indagações sobre os desafios do ensino de paisagismo no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandro Filla Rosaneli, Universidade Federal do Paraná
Arquiteto e urbanista, mestre e doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Pós-doutor em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo, do Programa de Pós-graduação em Geografia e do Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano da UFPR. Diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP-PR). Conselheiro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU-PR). Universidade Federal do Paraná. Centro Politécnico. Setor de Tecnologia.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Portaria Ministerial nº 1.770, de 23 de dezembro de 1997. Fixa as diretrizes curriculares e o conteúdo mínimo do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo. Brasília, 1997. Disponível em: http://www.fau.usp.br/fau/administracao/acad/servgrad/faupoli/anexo_1.pdf. Acesso em: 15 a 20 jan. 2014.

______. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução nº 2 de 17 de junho de 2010. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, alterando dispositivos da Resolução CNE/CES nº 6/2006. Brasília, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.

php?option=com_content&id=12991:diretrizes-curriculares-cursos-de-graduacao . Acesso em: 15 a 20 de janeiro de 2014.

MARAGNO, Gogliardo Vieira. Questões sobre a qualificação e o ensino de Arquitetura e Urbanismo no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE ENSINO DE ARQUITETURA E URBANISMO, 31, 2012, São Paulo. Anais... São Paulo: ENSEA, nov. 2012. Disponível em: http://www.abea-arq.org.br/wp-content/uploads/2013/03/artigo_maragno-

pgn1.pdf. Acesso em: 15 a 20 de janeiro de 2014.

Websites consultados entre 15 e 20 de jan. 2014

http://emec.mec.gov.br/

http://www.caubr.gov.br/censo

http://www.ibge.gov.br/estadosat/perfil.php?sigla=pr

http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa 2012

http://www.wordle.net/

Publicado
2015-10-07
Como Citar
Rosaneli, A. (2015). Apontamentos sobre o ensino de paisagismo nos cursos de arquitetura e urbanismo da região sul do Brasil. Paisagem E Ambiente, (35), 199-219. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i35p199-219
Seção
Ensino