Moradores-em-Ação: Constituição da Paisagem no Bairro Ribeirão Verde, em Ribeirão, SP

  • Laura Barzaghi de Laurentiis Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQUSP)
Palavras-chave: Paisagem - Ribeirão Preto (SP), Paisagem – Formação, Assentamentos humanos, Periferia, Áreas de conservação

Resumo

Este artigo foi baseado na dissertação de mestrado defendida na FAUUSP, trata-se dos problemas constituídos pela conjunção do crescimento das cidades sobre áreas periféricas ambientalmente frágeis, da ocupação dessas áreas por uma população desenraizada do espaço e não pertencente ao lugar e da formação de sentido de paisagem, por alguns moradores que, mediante ações paisagísticas pontuais – apropriações particularizadas do espaço livre do bairro – constroem laços afetivos, um sentido de identidade e a própria paisagem do lugar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laura Barzaghi de Laurentiis, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQUSP)
Eng. Agrônoma  Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQUSP), mestre em Paisagem e Ambiente Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo (FAUUSP)
Publicado
2012-06-30
Como Citar
Laurentiis, L. (2012). Moradores-em-Ação: Constituição da Paisagem no Bairro Ribeirão Verde, em Ribeirão, SP. Paisagem E Ambiente, (30), 71-86. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i30p71-86
Seção
Paisagem Urbana