O Papel da Vegetação Arbórea e das Florestas nas Áreas Urbanas

  • Luis Guilherme Aita Pippi Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter)
  • Larissa Carvalho Trindade Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Palavras-chave: Florestas urbanas, Vegetação arbórea, Áreas de Preservação Permanente, Unidades de Conservação, Planejamento da paisagem.

Resumo

O presente artigo discorre sobre as funções das árvores e das florestas nas cidades, retratando a sua importância estrutural na conformação das paisagens e da cultura urbana. São abordadas as relações estabelecidas entre as pessoas e os ambientes vegetados, os benefícios e as possibilidades existentes no resguardo destas áreas e os principais elementos espaciais identificáveis nos arranjos de vegetação urbana. Também é tratada a questão contemporânea do debate acerca da revisão do Código Florestal de 1965 e suas possíveis repercussões para as cidades, suas florestas e seus cidadãos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Guilherme Aita Pippi, Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter)
Arquiteto e urbanista pelo Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter), mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), professor assistente do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), doutorando CAPES/Fulbright, Dep. Landscape Architecture, College of Design, NC State University.
Larissa Carvalho Trindade, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Arquiteta e urbanista pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especialista em Projeto e Planejamento da Paisagem pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) e mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC).
Publicado
2013-07-01
Como Citar
Pippi, L., & Trindade, L. (2013). O Papel da Vegetação Arbórea e das Florestas nas Áreas Urbanas. Paisagem E Ambiente, (31), 81-96. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i31p81-96
Seção
Fundamentos