Experiência de ensino do paisagismo na universidade italiana

Autores

  • Henrique Pessoa Pereira Alves Politecnico di Milano. Facoltà di Architettura dell'Universitá

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i22p50-53

Palavras-chave:

Paisagismo. Ensino universitário e para-universitário. Itália. Convenção européia da paisagem.

Resumo

Este trabalho apresenta um quadro do estado atual do ensino do paisagismo na Itália, a partir das novas diretrizes e impulsos criados pelo documento de declaração da Convenção Européia da Paisagem. Procura-se indicar a particularidade do caso italiano, através de exemplos concretos de cursos de paisagismo em diferentes âmbitos universitários. Procura-se também analisar a recepção na Itália – particularmente no que concerne a atividade didática – das novas questões do paisagismo em âmbito internacional: como os fenômenos relativamente recentes que interessam a vida urbana nas sociedades avançadas são abordados a partir da tradição italiana de realização de espaços não edificados. Mira-se, portanto, a um estudo comparado do ensino da paisagem, na sua acepção mais ampla, e nos vários campos de sua aplicação, partindo de exemplos concretos e de experiências didáticas pessoais (no meu caso, através do ensino em cursos de graduação em arquitetura, nas orientações a TGIs e mestrados de paisagismo, na pós-graduação em agronomia, na organização de workshops internacionais na Toscana, etc.)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Pessoa Pereira Alves, Politecnico di Milano. Facoltà di Architettura dell'Universitá

Professor de Arquitetura da Paisagem – Facoltà di Architettura Civile del Politecnico di Milano – Facoltà di Architettura dell’Università Iuav di Venezia

Downloads

Publicado

2006-12-04

Como Citar

Alves, H. P. P. (2006). Experiência de ensino do paisagismo na universidade italiana. Paisagem E Ambiente, (22), 50-53. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5361.v0i22p50-53

Edição

Seção

ENEPEA