Índices do pensamento mítico em Walter Benjamin

Autores

  • Georg Otte Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras
  • Bianka Teixeira de Andrade Silva Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras

DOI:

https://doi.org/10.11606/1982-8837213499

Palavras-chave:

Benjamin, pensamento mítico, Cassirer.

Resumo

Contestando a suposta superação do mito na modernidade e a validade da dicotomia entre mito e logos, este artigo propõe aproximações entre as categorias do pensamento mítico enumeradas por Ernst Cassirer e a obra de Walter Benjamin, aqui representada especialmente pelos textos de juventude do autor que compõem sua filosofia da linguagem. De maneira mais pontual, recorrer-se-á, ademais, a outros ensaios e livros de sua obra, intencionando sugerir a abundância de material do pensador como um campo profícuo para o estudo do mito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-02-26

Como Citar

OTTE, G.; SILVA, B. T. de A. Índices do pensamento mítico em Walter Benjamin. Pandaemonium Germanicum, São Paulo, v. 21, n. 34, p. 99-114, 2018. DOI: 10.11606/1982-8837213499. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/pg/article/view/143827. Acesso em: 10 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos