A apreciação de literatura no humanismo teológico de Filipe Melanchthon

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/1982-8837234195

Palavras-chave:

Melanchthon, Humanismus, Renaissance

Resumo

Filipe Melanchthon é uma das figuras proeminentes na Reforma e no Humanismo renascentista alemães, embora no Brasil esta segunda característica não seja muito bem conhecida. Sua obra como um todo tem uma base teológica com a qual ele pretendia também favorecer os estudos acadêmicos, principalmente, mas não só, no que hoje é chamado de Ciências Humanas. O presente texto mostra como ele utilizou a distinção teológica entre lei e evangelho para configurar o espaço das então assim chamadas artes na universidade pré-moderna alemã tardia. A ênfase aqui está nos estudos literários e linguísticos e na abordagem ética deles, favorecida por ele.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Gross

Universidade Federal de Juiz de Fora, Departamento de Ciência da Religião, ICH Campus Universitário, Juiz de Fora, MG, 36036-900, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-07-14

Como Citar

GROSS, E. A apreciação de literatura no humanismo teológico de Filipe Melanchthon. Pandaemonium Germanicum, São Paulo, v. 23, n. 41, p. 95-124, 2020. DOI: 10.11606/1982-8837234195. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/pg/article/view/172407. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos