Ensino remoto de fonética e fonologia da língua alemã: algumas experiências práticas no contexto universitário durante a pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/1982-88372547199

Palavras-chave:

Ensino remoto, Experiências práticas, Fonética e fonologia da língua alemã

Resumo

O objetivo deste artigo é descrever o andamento dos trabalhos de ensino remoto realizados no âmbito da disciplina de Fonética e Fonologia da Língua Alemã, ministrada no Curso de Letras Português – Alemão da Universidade Federal do Ceará, como componente obrigatória de ensino. Nossa fundamentação teórica pauta-se em autores das áreas de Fonética e Fonologia da Língua Alemã (Dieling; Hirschfeld, 1995; Mangold, 2015), de Fonética Contrastiva (Langer, 2004), de Ensino de Alemão como Língua Estrangeira (Bausch; Christ; Hüllen; Krumm, 1991), bem como no Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (Conselho da Europa, 2001; Klett 2020). Mediante a descrição de algumas tarefas realizadas na sala de aula remota, apresentamos a trajetória da disciplina objeto deste artigo durante os dois anos de pandemia compreendidos entre 2020 e 2022. Nossos resultados apontam para os desafios enfrentados por docentes e discentes envolvidos, mas também para relatos em que se destacam, por um lado, experiências exitosas e, por outro, situações-limite em que o ensino presencial teria sido preferencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, Plínio.; MADUREIRA, Sandra. Manual de fonética acústica experimental: aplicações a dados do português. São Paulo: Cortez, 2015.

BOERSMA, P.; WEENINK, D. Praat: doing phonetics by computer (programa de computador). 2019. Disponível em: http://www.praat.org, (21/01/2022).

BAUSCH, Karl-Richard; CHRIST, Herbert; HÜLLEN, Werner; KRUMM, Hans-Jürgen (Org.). Handbuch Fremdsprachenunterricht. 2ª ed. Tübingen: Francke, 1991.

CAVALIERE, Ricardo. Pontos essenciais em fonética e fonologia. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2005.

CONSELHO DA EUROPA. Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas. Tradução de Maria Joana Pimentel do Rosário e Nuno Verdial Soares. Lisboa: Edições ASA, 2001.

DIELING, Helga; HIRSCHFELD, Ursula. Phonetik lehren und lernen. Munique: Goethe-Institut, 1995.

KLETT. Gemeinsamer europäischer Referenzrahmen für Sprachen: lernen, lehren, beurteilen. Anhang 3 – Qualitative Merkmale gesprochener Sprache (erweitert um Aussprache). Stuttgart: Ernst Klett Verlag, 2020.

LANGER, Kai D. Kontrastive Phonetik Deutsch-Brasilianisches Portugiesisch. Frankfurt am Main: Peter Lang, 2004.

MANGOLD, Max. Duden Aussprachewörterbuch. Band 6. 7ª ed. Mannheim: Duden Bibliographisches Institut GmbH, 2015.

NDE-UFC. Projeto pedagógico do Curso de Letras Português e Alemão – Licenciatura em Língua Portuguesa e em Língua Alemã e suas Literaturas. Fortaleza: PROGRAD-UFC, 2022 [no prelo].

NOGUEIRA, F.G.S; PEREIRA, R.C.; ROMÃO, T.L.C. Aspectos de fonética em dicionários impressos: algumas considerações no contexto do alemão como língua estrangeira. In: Revista Entrelaces, Fortaleza, v.11, n. 11 esp., 118-139, mar. 2022.

REINKE, Kerstin; HIRSCHFELD, Ursula. 44 Aussprachespiele. Deutsch als Fremdsprache. Stuttgart: Klett Verlag, 2021.

REINKE, Kerstin. Phonetiktrainer A1-B1. Aussichten. Stuttgart: Klett Verlag, 2016.

RUES et al. Phonetische Transkription des Deutschen. Ein Arbeitsbuch. Tübingen: Narr, 2007.

RUG, Wolfgang. 77 Klangbilder. Gesprochenes Deutsch. Übungen, Spiele. Tipps und Tricks zum phonetischen Training Deutsch als Fremdsprache. Leipzig: Schubert, 2012.

RUG, Wolfgang. Einfach Deutsch aussprechen. Phonetischer Einführungskurs Deutsch als Fremdsprache. Leipzig: Schubert, 2011.

SIGAA. Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas: O que é. In: https://www.ufc.br/ufc-digital/sistemas-administrativos-da-ufc/35-sigaa-sistema-integrado-de-gestao-de-atividades-academicas. Última consulta: 20/05/2022.

Downloads

Publicado

2022-07-12

Como Citar

ROMÃO, T. L. C.; NOGUEIRA, F. G. dos S. Ensino remoto de fonética e fonologia da língua alemã: algumas experiências práticas no contexto universitário durante a pandemia. Pandaemonium Germanicum, São Paulo, v. 25, n. 47, 2022. DOI: 10.11606/1982-88372547199. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/pg/article/view/199771. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê: Ensino remoto de língua alemã - sobre aprendizagens e perspectivas