O Brasil contemporâneo em dois romances de Chico Buarque

Autores

  • Leonardo Octavio Belinelli de Brito Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2016.118392

Palavras-chave:

Chico Buarque, Estorvo, Leite derramado, Roberto Schwarz, Tradição Crítica Brasileira

Resumo

Estorvo e Leite Derramado, dois romances de Chico Buarque, apresentam-se como importantes contribuições para se pensar o Brasil contemporâneo. Nesse sentido, o presente artigo buscará esclarecer os pressupostos históricos e sociais presentes em tais livros, partindo das leituras feitas por Roberto Schwarz. Dessa maneira, pretende-se articular o diagnóstico de Schwarz sobre o Brasil contemporâneo à maneira como tal diagnóstico é formulado nos dois livros de Chico Buarque. Convém esclarecer que essas dimensões se articulam não apenas num sentido unívoco. Por fim, o artigo pretende indicar paralelos que os romances destacados podem ter com reflexões contemporâneas de outros autores ligados ao que se costuma chamar de “tradição crítica brasileira”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Octavio Belinelli de Brito, Universidade de São Paulo

Doutorando em Ciência Política na Universidade de São Paulo (USP), com apoio da CAPES. Mestre em Ciências Política pela mesma instituição e graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

Brito, L. O. B. de. (2016). O Brasil contemporâneo em dois romances de Chico Buarque. Plural, 23(1), 108-127. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2016.118392