Uma resenha de Brasil mandarim

raça, apresentação e memória de Ana Paulina Lee

Autores

  • Carlos Freire Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2020.171537

Resumo

Resenha de: Lee, Ana Paulina. Mandarin Brazil: Race, Representation and Memory . Asian America Series. Stanford: Stanford University Press, 2018, 256 p.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DANTAS, Fábio Lafaiete. Origem das relações entre o Brasil e a China: a missão especial de 1879. Recife: Liber, 2006.

DIKOTTER, Frank. 'Patient Zero': China and the Myth of the 'Opium Plague'. Inaugural Lecture, School of Oriental and African Studies, University of London, 2003. Disponível em: http://frankdikotter.com/publications/the-myth-of-opium.pdf

LEE, Ana Paulina. Mandarin Brazil: Race, Representation and Memory. Asian America Series. Stanford: Stanford University Press, 2018, 256 p.

ZHOU, Min. Chinatown: the socioeconomic potential of an urban enclave. Philadelphia: Temple University Press, 1992.

Downloads

Publicado

2020-06-27

Como Citar

Freire, C. (2020). Uma resenha de Brasil mandarim: raça, apresentação e memória de Ana Paulina Lee. Plural, 27(1), 224-230. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2020.171537

Edição

Seção

Dossiê: "Migrações internacionais na agenda sociológica contemporânea"