Narcotráfico na América do Sul: uma análise sobre violência nas redes da cadeia logística do tráfico de drogas na América do Sul (2010 – 2015)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2021.172027

Palavras-chave:

Narcotráfico, Conflitos, América do Sul, Cocaína

Resumo

Os conflitos armados articulados à atividade do narcotráfico na América do Sul apresentam diferentes padrões espaciais. Essas configurações espaciais são dependentes da cadeia produtiva da cocaína e seus derivados que, por vezes, funcionam como fontes de financiamento das chamadas novas guerras. A relação entre recursos naturais e conflitos ainda foi pouco estudada no contexto sul-americano. Nesse sentido, o presente trabalho tem por objetivo descrever e analisar a configuração espacial dos narco-conflitos na América do Sul. Para isso, utilizamos o enfoque da economia política do conflito, acreditando que exista relação espacial entre espaços produtivos específicos da cadeia de produção e a letalidade e tipologia dos conflitos. Defende-se ainda que os espaços de distribuição e consumo de cocaína são especificamente aqueles que apresentam os maiores níveis de intensidade e letalidade de tais conflitos. No que se refere aos métodos, foram coletados dados quantitativos de apreensões de drogas (UNODC) e de homicídios por região (UCDP). A partir desses dados, construiu-se uma cartografia temática, através da qual analisamos as redes logísticas do narcotráfico na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Santos de Sousa, Universidade Federal de Goiás

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), E-mail: adrianosou94@gmail.com

Matheus Hoffmann Pfrimer, Universidade Federal de Goiás

Professor Adjunto de Relações Internacional da Faculdade de Ciências Sociais - UFG, pesquisador associado ao Núcleo de Estudos Globais/UFG, E-mail:matheuspfrimer@hotmail.com 

Referências

ADORNO, Sergio; SALLA, Fernando (2007). Criminalidade organizada nas prisões e os ataques do PCC. Estudos Avançados, v. 21, n. 61, p.7-29.

BAGLEY, Bruce (2013). The Evolution of drug trafficking organized crime in Latin America. Sociologia, Problemas e Práticas, v.70,p.99-123.

BUNKER, Robert J. e SULLIVAN, John P. Cartel (2010). Evolution revisited: third phase cartel potentials and alternative future in Mexico. Small Wars & Insurgencies, v. 21, n. 1, p.30-54.

BOVILLE, Belén Luca de Tena (2004). The Cocaine War in Context Drugs. New York: Algora.

COUTO, Aiala Colares e OLIVEIRA, Isabela de Souza (2017). A geografia do narcotráfico na Amazônia. Geographia Opportuno Tempore, v. 3, n. 1, p. 52–64. http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/Geographia/article/view/31774

FILIPPONE, Robert (1994). The Medellin Cartel: Why we can’t win the drug war. Studies in Conflict & Terrorism, v.17, n.4, p. 323-44.

FUKUMI, Sayaka (2010). Cocaine Trafficking in Latin America: EU and US Policy Responses. Drug and Alcohol Review, v. 29, n. 2, p. 229-30.

KALDOR, Mary (1999). New and Old Wars Organized Violence in Global Era. Stanford, CA: Stanford University Press.

KOPP, Pierre (2003). Political Economy of Illegal Drugs, v.1. New York: Routledge.

PFRIMER, M. H.; BARBOSA JÚNIOR, Ricardo César; LEAL, Juliana Brito Santana;BARBOSA,Wilton Dias; FRANÇA,Juliana Hungria;FERREIRA JÚNIOR,Fernando Jorge Saraiva (2016). Recursos naturais e conflitos armados na América do Sul: invertendo o nexo causal dos estudos securitários. Anais do XIII Congresso Acadêmico sobre Defesa Nacional. https://www.defesa.gov.br/arquivos/ensino_e_pesquisa/defesa_academia/cadn/artigos/XIII_cadn/recursos_naturais_e_conflitos_armados_na_america_do_sul_invertendo_o_nexo_causal_dos_estudos_securitarios.pdf.

STEIMAN, R. (1995). O mapa da droga. Monografia. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Geociências, Departamento de Geografia.

UNODC- United Nations Office on Drugs and Crime (2016). Estado Plurinacional de Bolivia: Monitoreo de Cultivos de Coca 2016. https://www.unodc.org/documents/crop-monitoring/Bolivia/2016_Bolivia_Informe_Monitoreo_Coca.pdf (acesso em: 9 jun. 2019).

UNODC- United Nations Office on Drugs and Crime (2017). Monitoreo de territórios afectados por cultivos ilícitos 2017. https://www.unodc.org/documents/crop-monitoring/Colombia/Colombia_Monitoreo_territorios_afectados_cultivos_ilicitos_2017_Resumen.pdf (acesso em: 9 jun. 2019).

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

Sousa, A. S. de ., & Pfrimer, M. H. (2021). Narcotráfico na América do Sul: uma análise sobre violência nas redes da cadeia logística do tráfico de drogas na América do Sul (2010 – 2015). Plural, 28(2), 257-271. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2021.172027