O significado da usina hidrelétrica Cachoeira do Emboque, em Minas Gerais, para seus atingidos

Autores

  • Narayana de Deus Nogueira Bregagnoli Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2013.76362

Palavras-chave:

atingidos, barragens, impactos.

Resumo

O presente estudo procurou compreender como comunidades afetadas pela construção de uma Usina Hidrelétrica (UHE) percebem as modificações que esse empreendimento causa em suas vidas, após a implantação da barragem. Os conflitos evidenciados no decorrer do processo de negociações com a empresa proponente resultaram em descontentamento por parte daqueles que teriam que enfrentar mudanças significativas em suas vidas. Dessa forma, o objetivo geral do estudo foi a análise do significado da barragem para seus atingidos. A perspectiva qualitativa foi desenvolvida tendo como suporte teórico discussões acerca dos impactos relacionados à implantação de projetos hidrelétricos, além de reflexões sobre as categorias espaço, lugar e território. Os resultados da pesquisa indicam que grande parte dos atingidos se sente insatisfeita com as mudanças ocorridas em seus meios e modos de vida, razão pela qual se conclui que o sentimento de desenraizamento e desterritorialização se faz presente na comunidade.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Narayana de Deus Nogueira Bregagnoli, Universidade Federal de Viçosa

Professora do Ifsuldeminas e mestre em Extensão Rural pela UFV.

Downloads

Publicado

2013-12-11

Como Citar

Bregagnoli, N. de D. N. (2013). O significado da usina hidrelétrica Cachoeira do Emboque, em Minas Gerais, para seus atingidos. Plural, 20(2), 109-126. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2013.76362

Edição

Seção

Artigos