[1]
T. Ribeiro, “Recombinando Estado e Mercado: as curiosas origens desenvolvimentistas do neoliberalismo”, Plural (São Paulo, Online), vol. 27, nº 1, p. 341-344, jun. 2020.