Fundamento da possibilidade de conhecer: a Analítica dos Conceitos da segunda edição da Crítica da Razão Pura

Autores

  • Dani Barki Minkovicius Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5920.primeirosescritos.2018.153049

Palavras-chave:

Conhecimento, Transcendental, Categorias, síntese, Unidade

Resumo

O artigo pretende reconstituir os argumentos apresentados na Analítica dos conceitos da segunda edição da Crítica da razão pura, de modo a investigar uma das questões centrais no projeto crítico de Kant: o fundamento da possibilidade de conhecer. Ou seja, mais do que apenas responder a como conhecemos, o objetivo aqui é compreender o que legitima a maneira e a possibilidade pelas quais conhecemos; enfim, o que fundamenta a possibilidade mesma de conhecer.

Referências

KANT, I. Crítica da razão pura. Trad. Fernando Costa Mattos. 3. ed. Petrópolis: Vozes; Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2013.
LONGUENESSE, B. Kant and the Capacity to Judge. Trad. Charles T. Wolfe. 2. ed. New Jersey: Princeton University Press, 2000.

Downloads

Publicado

2018-12-20

Como Citar

Minkovicius, D. B. (2018). Fundamento da possibilidade de conhecer: a Analítica dos Conceitos da segunda edição da Crítica da Razão Pura. Primeiros Escritos, (9), 80-104. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5920.primeirosescritos.2018.153049

Edição

Seção

Artigos